em ,

Norte coreano é executado por contrabandear Round 6 no país

Segundo o periódico RFA, um norte coreano foi executado por contrabandear a série de sucesso da Netflix, Round 6. Na Coreia do Norte, o consumo de obras de entretenimento não regulamentadas pelo governo é um crime grave, principalmente de obras do país vizinho, a Coreia do Sul.

O homem trouxe a série através de um contato na China em diversos dispositivos pen drive. Quando descoberto, rapidamente foi julgado e executado por fuzilamento. Um de seus clientes, um estudante, foi condenado à prisão perpétua em um campo de trabalhos forçados.

Outros seis alunos que tiveram contato com a obra também foram condenados até cinco anos de serviços em campos de trabalhos forçados.

O departamento de censura norte coreano descobriu o contrabando através de uma denúncia ocorrida dentro da escola onde o consumo da série estava se popularizando.

A lei norte coreana proíbe o consumo de arte e entretenimento vindo de países “reacionários” de políticas capitalistas.

Round 6 está totalmente disponível na Netflix.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Redação Bastidores

Perfil oficial da redação do site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gravações de Homem-Formiga 3 chegaram ao fim, revela diretor

Keanu Reeves diz que gostaria de interpretar John Constantine novamente