em ,

Ray Fisher voltaria a viver o Ciborgue se a Warner pedir desculpas

O ator Ray Fisher voltou novamente aos holofotes por conta da estreia de Liga da Justiça de Zack Snyder que traz muito mais conteúdo para o personagem Ciborgue. Com isso, fãs já especulam um retorno do ator para viver o personagem.

Durante o evento Justice Con (via Comic Book), Fisher disse que poderia até mesmo voltar ao personagem em The Flash – filme do qual o herói foi retirado –, mas para isso, seria necessário que a Warner se pronunciasse.

“Eu não estou esperando nada demais, sabe? Até porque, estamos lidando com grandes corporações. Eles encontrarão maneiras de desafiar qual expectativa que você possa ter. Mas, acredito que possamos começar com um reconhecimento e um pedido de desculpas sobre algo que se tornou público e não é verdade. E então, podemos ver para onde vai depois.

Podemos ter essa conversa, mas acho que esse é o ponto onde a responsabilidade começa. É chegar um para o outro e dizer: ‘Essas foram as coisas que aconteceram, vamos seguir e tentar…’. Parece existir um tipo de narrativa, não sei, mas que se desculpar faz você parecer fraco, e eu tenho que pedir desculpas pelas coisas o tempo todo, certo? […] Eu quero muito falar sobre isso se as pessoas estiverem dispostas a darem o primeiro passo. Mas, como eu disse, não tenho expectativas quanto a isso.”

Liga da Justiça de Zack Snyder em breve estará disponível na HBO Max no Brasil.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Nova temporada de No Limite ganha data de estreia na Globo

Podcast Três É Demais #56 | MIB: Homens de Preto 3