Informações técnicas

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter e fique por dentro de todas as notícias! «

Distribuição: Sony
Duração: 136 min
Discos: 2
Embalagem: Amaray
Luva: Não
Preço: R$ 39,90

Vídeo

Razão de aspecto: 2.40:1 
Resolução: 1080p
Codec: MPEG-4 AVC 

Áudio

Inglês: DTS-HD Master Audio 7.1 (48kHz, 24-bit)
Português: Dolby Digital 5.1 (640 kbps)
Espanhol: Dolby Digital 5.1 (640 kbps)
Francês: Dolby Digital 5.1  (640 kbps)

Análise

Disco 01

O Filme

★ ★ ½

Todos sabíamos que era cedo demais para um reboot do Homem-Aranha, mas a Sony acabou seguindo em frente do mesmo jeito com O Espetacular Homem-Aranha, filme que apresentava Andrew Garfield como uma versão mais sombria e perturbada de Peter Parker, armando uma trama sinuosa sobre o passado de seus pais. É um resultado bem abaixo dos anteriores em função de um roteiro fraco, uma direção que falha em capturar o maravilhamento do personagem e também pelo vilão capenga. Vale mesmo pelo excelente elenco principal e as novas caracterizações dos personagens, mas não passa de um mero experimento. Crítica

Comentário em Áudio com Marc Webb, Avi Arad e Matt Tolmach

★ ★ ★ ★

Admito que não sou um fã do trabalho do diretor Marc Webb neste novo Homem-Aranha, que tem algumas boas ideias e sabe bem como conduzir seu elenco, mas é fraquíssimo com efeitos visuais e condução de cenas de ação. Porém, ouvindo seu comentário em áudio aqui, eu consigo entender o que Webb quis fazer, assim como sua empolgação, e é de certa forma triste ver como o resultado saiu tão aquém do esperado. Porém, Webb mantém uma ótima e descontraída linha de raciocínio, conseguindo também oferecer uma boa abordagem técnica, tendo muito mais espaço do que as faixas dos produtores Avi Arad e Matt Tolmach, que não oferecem muito além de algumas curiosidades. O comentário, felizmente, traz legendas em português.

Segunda Tela

★ ★ ★

Aqui temos um modo interativo disponível para iPads ou tablets da Sony, onde é possível assistir ao filme e receber informações inclusivas na segunda tela, desde notas da produção até alguns storyboards de sequências específicas. Pessoalmente, não sou fã desse tipo de experiência, mas o material disponível é satisfatório o bastante.

Disco 02

O Renascimento de O Espetacular Homem-Aranha

★ ★ ★ ★ ★

Bons eram os tempos em que tínhamos extras como este fenomenal documentário de quase 2 horas que aborda praticamente todas as etapas de produção de O Espetacular Homem-Aranha. Dividido em 7 partes, vamos desde a decisão da Sony em rebootar a franquia após a trilogia de Sam Raimi (com Avi Arad desviando de qualquer polêmica envolvendo a cisão entre o estúdio e Raimi), a busca por um novo diretor e a longa procura pelo novo Homem-Aranha, assim como toda a criação da trama envolvendo o passado dos pais. Passamos então para os setores de gravações, onde vemos as intenções de Marc Webb de usar dublês para conseguir o maior número de tomadas práticas possíveis, calcando-se no realismo da era pós-Nolan. Vale mencionar também o trabalho de criação dos efeitos visuais do Lagarto, que mostrou-se um desafio na hora de combinar a performance de Rhys Ifans com as feições reptilianas do vilão. Ótimo documentário.

Cenas Excluídas

★ ★ ★ ★ ★

Encostando nos 16 minutos de duração, temos aqui uma seleção de cenas deletadas, estendidas e alternativas do corte final. Nesta última categoria, vale destacar a longa cena alternativa do assassinato do Tio Ben, que inclui uma desnecessária discussão alongada entre Peter e o caixa do mercadinho, e troca o local da morte do personagem de Martin Sheen da rua para um beco escuro – provavelmente descartado por lembrar demais o Batman. Entre outros bons pequenos momentos de humor, destaco todas as cenas deletadas de Rhys Ifans como Curt Connors, onde temos mais tempo para desenvolver sua amizade com Peter, além de revelar o núcleo de seu filho; algo que ofereceria ao vilão muito mais profundidade. Por fim, temos aqui também uma resolução para um grave problema de montagem do filme, oferecendo uma explicação para o desaparecimento do personagem de Irrfan Khan.

Pré-Visualização

★ ★ ★ ★ 

Temos um aqui um modo de observar os estágios iniciais das sequências que envolveram grande trabalho de decupagem e computação gráfica, passando da fase do storyboard até uma pré-visualização com animação. Estão disponíveis todas as grandes cenas de ação do filme, além da cena do metrô, a sequência de passagem do tempo onde Peter Parker cria o traje do Homem-Aranha e até uma pequena cena entre o Aranha e Gwen Stacy. Uma ótima lição na arte da decupagem.

Arquivos Oscorp: Galeria de Produção de Arte

★ ★ ★ ★

Aquela boa e velha galeria de artes conceituais. Aqui temos três seções diferentes, uma delas dedicada inteiramente ao design do novo uniforme do Homem-Aranha, a segunda oferecendo os conceitos gráficos do Lagarto, e a última dedicando ao design de alguns dos cenários do filme, especialmente aqueles envolvendo a Oscorp e seus laboratórios.

Visualização de Progressão de Imagem

★ ★ ★ ★ 

Extra dedicado às cenas inteiramente digitais do longa, temos a opção de assistir à progressão dos efeitos CGI de cenas selecionadas, como a luta entre o Aranha e o Lagarto na escola, a sequência do esgoto e o clímax na Oscorp, por exemplo. Durante a progressão, temos um comentário em áudio de um diferente supervisor de efeitos, incluindo na lista Jerome Chen, David Smith e David Schaub.

Ensaios de Cenas de Ação

★ ★ ★ ★ 

Sempre bom fornecer uma atenção especial ao árduo trabalho dos dublês, e como Marc Webb optou por uma abordagem mais prática à algumas de suas cenas de ação, temos ótimo material aqui. Vemos cenas de preparamento e ensaio dos profissionais para cenas específicas do filme, incluindo as lutas entre o Aranha e o Lagarto e todas as cenas em que Peter começa a descobrir seus poderes, incluindo o “poledance” no vagão do metrô ou a primeira vez em que balança pelas teias de aranha sob um viaduto.

Desenvolvendo o jogo The Amazing Spider-Man

★ ★ ★

Todo lançamento de um filme do Homem-Aranha significa também um novo game do herói sendo desenvolvido, e aqui vemos um pequeno making of de The Amazing Spider-Man, que acabou sendo lançado em 2012.

Conclusão

Estou realmente impressionado com o tratamento de luxo que a Sony ofereceu a O Espetacular Homem-Aranha. Ainda que o filme tenha falhado em oferecer exatamente o que os fãs e o estúdio esperavam, o material extra é impecável e cobre todas as etapas de produção, oferecendo insights técnicos e valiosos no quesito de efeitos visuais, além de cenas excluídas importantes que realmente oferecem algo a mais. Um lançamento nada menos do que espetacular.

Leia mais sobre Homem-Aranha

Comente!