apoc

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter e fique por dentro de todas as notícias! «

Informações técnicas

Distribuição: Fox
Duração: 144 min
Discos: 1
Embalagem: Amaray
Luva: Não
Preço: R$ 69,90

Vídeo

Razão de aspecto:  2.39:1
Resolução: 1080p
Codec: MPEG-4 AVC 

Áudio

Inglês: DTS-HD Master Audio 7.1 (48kHz, 24-bit)
Português: Dolby Digital 5.1
Espanhol: Dolby Digital 5.1

 

xa1

O Filme

★ ★ ★ ★

De todos os filmes de super-heróis lançados em 2016, confesso que X-Men: Apocalipse foi o mais satisfatório. Lançando os X-Men de volta a uma vibe dos anos 2000 e beneficiando-se de um incrível elenco que traz novas versões dos icônicos personagens da Marvel. Claro que o filme sofre um pouco pela irregularidade de seu vilão titular e o clichê de um plano maligno para destruir o mundo, mas Bryan Singer os executa com impressionante maestria e atenção ao visual. Crítica

xa4

Comentário em Áudio com Bryan Singer e Simon Kinberg 

★ ★ ★ ★ ½

O diretor Bryan Singer e o roteirista/produtor Simon Kinberg discutem alguns dos principais aspectos do longa em uma faixa de comentários muito interessante. Singer acaba falando muito mais do que seu colega, mas oferece insights valiosos sobre a produção, como a necessidade de se ter diálogos expositivos no primeiro ato, a divisão da estrutura da história nos primeiros atos e algumas curiosidades gerais, incluindo a polêmica do visual de Apocalipse (que em certa tomada, ele batiza de um cruzamento entre Prince e Mr. Freeze) e a piadinha com “o terceiro filme é sempre o pior”. Um dos momentos que mais chama atenção é a perceptível empolgação e afeto do cineasta ao falar sobre a trágica cena da floresta com Magneto, detalhando ainda as contribuições de Michael Fassbender para a cena e seu profundo arrependimento de ter cortado um trecho específico (presente na seção de cenas deletadas). Ótimo comentário, ainda que não traga legendas em português.

xa2

X-Men: Apocalipse Revelado (63:00)

★ ★ ★ ★ ½

O principal making of do filme, e se levantamos suspeitas da habilidade de um único featurette de 1 hora tratar de todos os estágios da produção, a reação é de imensa supresa e satisfação ao final deste. Dividido em 7 partes, vamos desde a ideia inicial de X-Men: Apocalipse e a mitologia por trás de seu vilão principal até os processos de maquiagem, criação visual, cenários, escalação do novo elenco e as complicadas cenas de ação. Atenção especial para a transformação de Oscar Isaac no grotesto En Sabah Nur e o cuidado de Brian Synger em escolher as novas versões de Ciclope, Jean e Tempestade. O extra também é muito eficiente ao explorar os bastidores de cenas mais complicadas do filme, desde o já icônico resgate de Mercúrio na Mansão X até o empolgante clímax que conta com uma batalha mental entre Xavier e Apocalipse. Entre os momentos de diversão, vemos um impagável vídeo de James McAvoy raspando a cabeça enquanto Patrick Stewart observa por Skype e até a figurinista Louise Mingenbach admitindo que o uniforme de Psylocke foi confeccionado por uma Sex Shop.

Um excelente featurette que só não ganha nota máxima por não trazer nem menção à ótima cena envolvendo o Wolverine.

xa8

Cenas Excluídas/Estendidas (23:00/28:00)

★ ★ ★ ★

Quem gostou do filme (como eu) terá um grande deleite aqui. Não só temos uma coleção de 23 minutos de cenas cortadas muito bacanas, mas todas elas trazem uma introdução opcional com Bryan Singer explicando seu propósito na história e porque acabaram deletadas do corte final. O grande destaque, claro, fica para a já famosa cena do shopping, em que Jean, Ciclope, Noturno e Jubileu têm um passeio totalmento anos 80 ao desfilarem ao som de “Safety” em uma sequência muitíssimo divertida. Além disso, é bacana ver mais destaque para os arcos de Scott (incluindo cenas adicionais com seu irmão, Alex) e destaque para Moira McTaggert, cujo desfalque foi um dos pontos fracos do longa final. Há ainda pequenos momentos de humor e um fechamento mais claro para algumas subtramas, especialmente o destino do Coronel William Stryker – que simplesmente desaparece na versão final – e as relações entre Xavier e Mística e até um diálogo entre o Professor e Tempestade. O trecho da floresta que Singer se desculpa eternamente por ter cortado também está aqui, e é realmente muito bonito.

xa3

Erros de Gravação (07:52)

★ ★ ★ ★

Quase 8 minutos do elenco errando, fazendo piada (algumas bizarríssimas) e outros momentos engraçadíssimos da produção. Ótima edição e coleção de momentos, e James McAvoy parece ser a melhor pessoa do mundo.

xa7

Vídeo da Festa de Encerramento (04:42)

★ ★ ★ ★

Servindo como uma extensão dos bloopers, temos aqui um vídeo musical que traz “Time in a Bottle” e “Beast Mode” (esta última com um impagável dubmash) em um compilado de clipes e momentos diversos dos bastidores, desde algumas piadas já vistas nos extras anteriores como algum material de 2ª unidade sem efeitos visuais, como as explosões na cena do Mercúrio e Olivia Wilde sendo lançada a quase 30 metros de altura para uma acrobacia perigosa. Ainda que não seja informativo, é dinâmico e deixa claro que todo o elenco se divertiu muito durante as gravações.

xa5

Galeria

★ ★ ★ ★

Aqui temos uma série de galerias divididas em duas porções: artes conceituais e stills da produção. A primeira categoria traz desenhos e esboços de todos os principais personagens e locações, com destaque para um olhar mais atencioso no visual dos Cavaleiros do Apocalipse do Antigo Egito e os novos uniformes dos X-Men. Já a segunda galeria não traz nenhuma novidade, oferecendo apenas material já divulgado anteriormente durante a campanha de marketing. Porém, as artes conceituais ajudam a tornar este extra mais especial.

xa6

Trailers

★ ★ ★

Os três trailers de divulgação do filme reunidos aqui.

Conclusão

nota-4,5

Considerando que é um blu-ray de disco único, o lançamento de X-Men: Apocalipse é excepcional. Traz praticamente todos os extras que um bom material bônus devem ter, desde um making of incrivelmente conciso até momentos divertidíssimos de bastidores e cenas deletadas que realmente despertam o interesse. Mais do que recomendado.

Comente!