Mesmo antes de O Mundo Sombrio de Sabrina estrear, os produtores da série e o próprio showrunner, Roberto Aguirre-Sacasa, já haviam prometido que haveriam muitos elementos de terror na série, e isso realmente teve e veio junto com várias referências e easter eggs de filmes icônicos do gênero. Como Suspiria, Hellraiser e O Exorcista.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Outras claras referencias que pode ser notadas, são referentes a Riverdale e a Archie Comics, já que além de Sabrina e Riverdale serem séries baseadas nos personagens da Archie, o showrunner das duas séries ainda é o mesmo. Que coincidência, em!

Com isso, confira a nossa lista que contém todas as referências e easter eggs presentes na série, mas lembre-se que a lista está repleta de SPOILERS. Então se ainda não assistiu a série, leia por sua conta e risco.

O EXORCISTA

Não podíamos iniciar a lista com outra senão com esta linda referência. A cena da Hilda, Sabrina e da senhora Wardwell chegando à casa dos Putnam envolta em um nevoeiro é uma homenagem bem gritante para a icônica cena de O Exorcista, que inclusive aparece no pôster do próprio filme. A maior parte desse episódio em si presta uma grande homenagem a esse clássico de William Friedkin, mas esse momento em si é bem mais sutil, e memorável também.

MORGANA LE FAY

Ainda sobre o episódio do exorcismo, Sabrina durante o evento, invoca os nomes de várias mulheres infames com laços sobrenaturais ao longo da história, incluindo da Morgana Le Fay, a irmã mais velha do rei Artur, que por acaso foi a adversária do Jughead nos quadrinhos da Archie Comics, Time Police, no início dos anos 90.

PERSONAGEM VINDO DIRETAMENTE DE RIVERDALE

No episódio 7, a senhora Wardwell pede uma pizza, e para a surpresa de todos, ela vem com uma aparição bem surpreendente. A campainha toca e quando ela atende, quem está de pé na porta, com uma pizza na mão, é o personagem Ben Button, da série Riverdale. E curiosamente, o Ben literalmente acabou de morrer na série Riverdale, realmente estranho.

O ILUMINADO

A avó da Roz, Ruth, interpretada por L. Scott Caldwell, de Lost. Possui um sexto sentido que ela mesma nomeou como “The Cunning”, que é uma referência bem direta aos poderes do personagem principal do famoso romance de Stephen King, O Iluminado, e também das continuações diretas deste livro. O livro já foi adaptado no cinema por Stanley Kubrick, e a série também faz umas pequenas homenagens a essa adaptação.

ARTE ORIGINAL DE CLIVE BARKER

Certamente, uma das maiores homenagens ao gênero de terror na série mão é para um filme em específico, mas sim para um dos mestres do terror, Clive Barker. Todos os corredores da Academia de Artes Ocultas são adornados com uma variedade de pinturas originais de Barker. Ao todo, a produção pegou mais de 150 peças do diretor de Hellraiser, permitindo que uma série de combinações fizesse com que cada sala da academia parecesse realmente única e sinistra também. 

GEORGE ROMERO

Apropriadamente, a série em si começa com os personagens assistindo a um clássico filme de terror, o lendário filme de 1968 de George Romero, A Noite dos Mortos-Vivos. Também é possível ver cartazes de filmes do Romero no quarto da Sabrina.

MORTE DO DEMÔNIO

Temos aqui também uma homenagem muito direta ao filme Morte do Demônio, de Sam Raimi. Quando a jovem bruxa está fugindo do seu batismo negro, ela acaba saindo correndo pela floresta e entra em conflito com os galhos das árvores que tentam impedi-la de sair de local e acabam se enrolando em torno dela. Felizmente, as coisas não vão tão longe quanto no filme de Raimi!

O BODE

Para o batismo negro de Sabrina, suas tias compraram um bode, e chamaram ele de Narciso Negro, que muito provavelmente deve ser uma referência ao filme de mesmo nome 1947 de Michael Powell e Emeric Pressburg. Ele também pode ser interpretado como uma referência ao famoso Black Phillip, o infame bode que apareceu no filme A Bruxa, lançado em 2015.

HELLRAISER

Em uma parte da série, o padre Blackwood dá a Sabrina um quebra-cabeça conhecido como teste de Achyron. Se a bruxa conseguisse resolver e abrir o quebra-cabeça, ela então poderia participar das aulas de conjuração. E ela realmente resolveu o teste, e com isso acabou liberando um demônio no processo. Isso é muito parecido com o que acontece no filme Hellraiser de Clive Barker.

 

PORTAS DE SUSPIRIA

Na Academia de Artes Ocultas, há uma grande homenagem ao clássico Suspiria, o filme de terror icônico do diretor Dario Argento. No escritório do padre Blackwood. As portas da sala, embora não sejam réplicas exatas e precisas, foram feitas para parecer o par de portas que vemos na academia principal em Suspiria.

GARRAFA DA ARCHIE COMICS

Outra referência muito sutil à Archie Comics e que aparece ainda no primeiro episódio. É na parte onde vemos Sabrina caminhando e conversando com Harvey e Roz. Na cena, ela está carregando uma garrafa térmica que por acaso tem a Diretora Weatherbee e outros personagens da Archie Comics ilustradas nela.

RIVERDALE

Outra referência bem direta a Riverdale. Quando Sabrina se junta às irmãs estranhas para atormentar os atletas que intimidaram Susie, um deles pergunta se as irmãs eram de Riverdale, porque ele não nunca as viu pela cidade ou pela colégio de Greendale.

O NOME DO MÉDICO DO TOMMY

O recém-ressuscitado Tommy foi atendido em sua residência por um médico chamado Doutor Phibes, um médico que por acaso compartilha seu nome com um personagem muito popular e bastante distorcido interpretado pelo ator Vincent Price, de 1971, no longa O Abominável Dr. Phibes e em sua continuação lançada em 1972.

TETO DE VIDRO COLORIDO DE SUSPIRIA

O teto da sala de estar da casa dos Spellman pode parecer um pouco familiar. O enorme pedaço de vitral é uma réplica exata da que vimos numa das primeiras cenas de morte no filme Suspiria, do diretor Dario Argento. Uma referência bem sutil ao icônico filme de terror.

POLTERGEIST

A jornada de Sabrina ao limbo humano para recuperar a alma do pobre Tommy é algo que se assemelha muito aos esforços para recuperar Carol Anne no icônico longa, Poltergeist. Até por ter alguém segurando com uma corda a Sabrina enquanto ela atravessa o sombrio limbo. Foi realmente uma homenagem bem boa e sutil ao filme.

CAMISA DO AMBROSE NO PRIMEIRO EPISODIO

Ambrose no primeiro episódio da série é visto usando uma camiseta com os dizeres Aloha from Hell escrita nela. Embora não esteja claro se isso é uma referência a extinta banda de rock alemão ou ao romance de Richard Kadrey sobre um personagem que está “preso no meio de uma guerra entre o céu e o inferno”. Mas curiosamente, ambos se encaixam na afiação que o personagem passa durante a série.

 

DANIEL WEBSTER DA VIDA REAL

O advogado que representa Sabrina no tribunal, Daniel Webster, na verdade era o nome de um político da vida real, que serviu como Secretário de Estado sob o governo três presidentes. Webster acabou inspirando uma história de fantasia, que posteriormente foi adapta para os cinemas em 1941, chamado de The Devil and Daniel Webster. Para quem assistiu a série, certamente notou o tamanho da referência que o episódio em especifico faz a este conto.

 

OS GOONIES

Durante o capitulo que a Sabrina queria ir para a mina onde o Harvey trabalha, ela pergunta a ele se tem um mapa do local, e ele responde o seguinte. “Um mapa? Para quê? Isso não é Os Goonies!” Tenho certeza que essa frase já é totalmente explicativa em relação a referência.

APARÊNCIA DA BATTY BAT

A aparência do demônio Batty Bat parece se basear no design da maquiagem usada nas criaturas do subestimado filme de Nicholas Roeg, Convento da Bruxas, lançado em 1990. Já que afinal, a semelhança é de fato bem perceptível.

MADEIRA RECUPERADA DO SET DE BATES MOTEL

Não existem apenas réplicas e pôsteres clássicos na série. O quarto do sótão do primo de Sabrina, Ambrose, é feito da madeira recuperada do set da série Bates Motel, que assim como O Mundo Sombrio de Sabrina, também filmou em Vancouver, no Canadá. É realmente assustador que Ambrose more em um quarto feito dos restos da casa de Norman Bates.

REFERÊNCIA AO SUPERMAN!

Quando Sabrina beija Harvey para fazê-lo esquecer que ela é uma bruxa, a cena em si lembra muito com o final de Superman II, quando Clark também beijou Lois para que ela pudesse apagar de sua memória que Clark Kent era o Superman. Se a intenção foi homenagear essa cena do filme do Superman, não sabemos. Mas que são parecidas, elas são.

UMA ESTRANHA CONEXÃO COM OS MONSTROS DA VIDA REAL

No quarto episódio da série, enquanto cantava o coral na Academia de Artes Ocultas, Sabrina canta uma canção chamada “Eu nunca vou dizer nunca para sempre”. Acontece, que essa canção, foi originalmente escrita por ninguém menos que Charles Manson, o antigo líder de seu próprio culto e mentor por trás dos assassinatos nos anos 60, inclusive o da famosa atriz, Sharon Tate.

HALLOWEEN

No último episódio da temporada, um personagem chamado Steve Loomis faz uma aparição no capitulo. Acontece que, Loomis é o sobrenome do personagem que Donald Pleasence interpreta na franquia Halloween. Seria essa uma homenagem ao famoso psiquiatra do infame assassino, Michael Myers!?

Comente!