Engana-se quem acha que Chucky de brinquedo assassino foi uma ideia original e que teria sido o primeiro a assombrar os sonhos das crianças. Nos Estados Unidos, especificamente em Key West (Flórida) há um boneco tão conhecido quanto ele. Trata-se do boneco Robert, um boneco tão famoso que influenciou diretamente Chucky, mais a frente entenderão o porquê. 

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Tudo começou no ano de 1898, mais de cem anos atrás em uma mansão construída por Thomas Otto. Ele e sua esposa eram muito ricos, mas eram péssimos chefes, tratavam todos com falta de respeito, incluindo os empregados que trabalhavam para eles.

Uma das funcionárias revoltada com tanta falta de respeito criou um boneco com mais de 1 metro de altura e deu de presente para o filho de Otto, Eugene Robert que era ainda uma criança. Relatos dizem que ela havia amaldiçoado o boneco com vudu para que ele atormentasse a criança.

Trajando roupas de marinheiro logo o boneco caiu nas graças de Eugene, que passou a chamá-lo de Robert, seu segundo nome. Não passou muito tempo e a família e funcionários começaram a ouvir o garoto conversar com alguém, seria o boneco? Eles ignoraram isso achando que o garoto conversava consigo próprio, fazendo sua própria voz e depois imitando outra como se imaginasse o boneco falando. Claro que eles estavam errados.

Com o tempo muitas coisas estranhas passaram a acontecer na casa, como objetos mudando de lugar, empregados sendo trancados em cômodos, roupas apareciam rasgadas e camas que pareciam ter sido movidas, claro que os pais sempre culpavam Eugene pelas pegadinhas, que por sua vez culpava o boneco pelo ato. 

As pessoas que vinham de fora ouviam passos pela casa. Não demorou muito para que a família colocasse o boneco no sótão, uma tia de Eugene deu uma força recomendando que isso fosse feito. Fato ocorrido, ele passou muitos anos ali, até que Eugene crescesse. Tanto tempo que os pais de Eugene morreram e ele naturalmente herdou a mansão, passou a viver ali com sua esposa. Fazendo uma visita aos cômodos da casa encontrou Robert e o tirou do sótão. Sua esposa percebeu que algo estava estranho com ele desde que o boneco havia sido encontrado. 

Anne tentou colocá-lo novamente no sótão, mas Eugene não permitiu e pior, decidiu construir um quarto só para ele, com móveis do seu tamanho. Não passou muito tempo e pessoas que passavam pela casa viam pela janela Robert acenando para elas e se movendo pelo quarto Eugene resolveu enviar o boneco novamente para o sótão para evitar que os vizinhos ficassem cochichando sobre a casa ser assombrada.

Eugene morreu em 1974 e sua esposa foi embora da casa e a colocou para que fosse alugada. Claro que um novo casal se mudou para lá e encontrou o boneco que passou a perturbar a filha do novo casal. Ela diz ter sido torturada pelo boneco, isso até que a família decidisse o trancar dentro de um baú.

Depois de muito tempo trancado lá ele foi retirado e enviado para o museu East Martello. Logo na frente do museu há uma painel enorme de Robert, ele é a principal atração por lá. Robert fica em um domo de vidro, sentado em um banco segurando um ursinho de pelúcia. As pessoas precisam pedir autorização para Robert e só assim podem tirar fotos dele. Pessoas que não pediram autorização dizem que foram assombradas por ele e mandam cartas para ele pedindo desculpas por não ter pedido seu consentimento.

Antigamente a história de Robert era mais famosa que a de Annabelle, hoje a boneca dos Warren é mais popular e isso se deve aos quatro filmes que ela apareceu. Robert, O Boneco só apareceu em um filme de mesmo nome e feito com baixo orçamento. Chucky foi influenciado pela lenda de Robert sim, tanto que em Brinquedo Assassino o serial killer Charles Lee Ray faz uma espécie de vudu e coloca seu espírito dentro do boneco, Andy, o garoto que ganha Chucky sempre é acusado pela mãe pelas coisas que Chucky faz e ele conversa com o brinquedo também. O que faltou para deixar a lenda a altura é um filme decente sobre ele. 

Escrito por Gabriel Danius.

Comente!