» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

O mais recente projeto da Marvel na Televisão atingiu níveis interessantes em história e caracterização de personagens, explorando um cânone até então, nichado para o público dos quadrinhos.

Em fato, Marvel’s Runaways, da Hulu, explora a cidade de Los Angeles e acompanha a história de seis adolescentes: Alex Wilder (Rhenzy Feliz), Nico Minoru (Lyrica Okano), Chase Stein (Gregg Sulkin), Karolina Dean (Virgina Gardner), Gert Yorkes (Ariela Barer) e Molly Hernandez (Allegra Costa) que descobrem que seus respectivos pais estão envolvidos em uma espécie de seita do mal  chamada Orgulho, responsável por controlar grande parte do dinheiro da cidade e por serem as pessoas poderosas da região, e assim, fogem de casa a fim de descobrir as origens de seus pais e as motivações pelos crimes.

Em quesitos técnicos, ressalta a qualidade com que a série conseguiu apresentar bem todas as informações básicas e prioritárias nos primeiros três episódios. Cada adolescente é diferente do outro e esse contraste destaca-se a todo momento, provando que apesar de distintos, são complementares um ao outro, o que fortalece o principal foco do início do show que é garantir a relação entre eles.

Na verdade, esse é o ponto positivo de Runaways por enquanto. Ao mesmo tempo que elabora bem a construção de seus personagens principais, equilibra o tempo em cena com os pais, que são personagens interessantes dando integridade e coerência para dois objetivos: contar também as características pessoais de cada um deles e a partir disso, desenvolver detalhes e a história da Orgulho e de alguns momentos do passado relacionado ao círculo familiar de todos eles.

Aliás, quem é fã dos quadrinhos vai se sentir em uma montanha-russa vendo a série: em dados momentos a adaptação é certeira, enquanto que, em outros, opta por caminhos decepcionantes. Fugitivos se aproxima mais de Vingadores do que de X-Men em relação à semelhança da origem dos heróis: são feiticeiros, mutantes, cientistas, alienígenas reunidos. Na série, algumas dessas categorias foram ‘escondidas’ – Molly ganha os poderes em um acidente misterioso e o Cajado do Absoluto perde grande parte do seu impacto por ser convertido em uma espécie de artefato tecnológico.

Criado por: Josh Schwarts

Comente!