Antes de ser uma das mitologias mais ricas e rentáveis da cultura pop, Transformers começou como uma linha de brinquedos da Hasbro em conjunto com a Takara, inspirada em outros produtos no mesmo formato, veículos que se transformavam em robôs.  Em 1984 começou a distinção dos robôs entre facções, os Autobots, e os Decepticons, que depois se expandiu para animações, quadrinhos, e hoje é uma das franquias mais lucrativas do cinema nas mãos de Michael Bay. Mesmo tendo diversas reencarnações ao longo dos anos, Transformers ainda é muito conhecido pela sua primeira fase dos anos 80, a G1, esta que definiu os caminhos que a série iria tomar no cinema.

A primeira geração(G1) cobre os anos 1984 até 1993, tendo seu início nos quadrinhos publicados pela Marvel, no mesmo ano teve início  a produção da série animada, que possuindo a mesma ideia, investiu em elementos de roteiro que não eram tão presentes nos quadrinhos, como Megatron e os Decepticons em busca de energia do planeta Terra para levar para Cybertron e reconstruí-la.

Mesmo possuindo os seus altos e baixos em seu começo, a G1 é uma das melhores, se não a melhor, fase que a série animada dos Transformers já teve. Histórias que conseguem se reinventar e sair das mesmices de “ fim de mundo” e guerra sempre apocalíptica entre os robôs, e muita das vezes com foco emocional em seus personagens, que diferente dos filmes, não possui um núcleo humano desnecessário. G1 é um marco.

5 – War Dawn

Os Aerialbots, um grupo especial de autobots, vão para o planeta natal deles, Cybetron, onde de la são enviados para o passado, graças a máquina do tempo pertencente aos Decepticons. Durante a estadia deles no passado, eles conhecem as versões jovens de seus aliados autobots e também dos seus inimigos, os decepticons.

4 – S.O.S Dinobots

Os autobots acham uma caverna, e nela se encontram fosseis preservados de dinossauros nela. Então Wheeljack e Ratchet, tem a ideia de construir robôs baseados nos fosseis encontrados, então com muito esforço e dedicação, eles constroem os Dinobots, robôs que podem se transformar em dinossauros, porem com inteligência bem inferior ao dos outros autobots.

3 – Dark Awakening

O líder Optimus Prime, morreu durante os eventos de Transformers – o filme. Porém, após uma visita ao tumulo dele, os autobots veem que está vazio e o humano Daniel Witwicky afirma ter visto Optimus Prime andando e reanimado. Isso acaba por ser confirmado, Optimus Prime está realmente vivo, porem sendo controlado pelos Quintessons para cometer feitos malévolos.

2 – Heavy Metal War

Megatron desafia Optimus Prime e os autobots, a uma batalha decisiva, onde o vencedor junto de sua equipe, ira ficar na terra e fazer o que quiser no planeta, e os perdedores iram se exilar da terra e nunca mais voltaram, aconteça o que acontecer. Optimus Prime confiando em suas habilidades e na de seus autobots, decidiu aceitar o desafio definitivo do lider dos decepticon.

1 – The Return of Optimus Prime, Part 2

Um vírus se espalhou pela galáxia, contaminando vários Autobots e Decepticons. Com isso, o ressuscitado Optimus Prime, tem esperança que a cura para o vírus esteja na Matrix da liderança. Porem a Matrix se encontra com Rodimus Prime, que infelizmente foi infectado, agora Optimus precisar pegar a matrix sem ser contaminado.