A Sony teve um histórico dramático com sua linha de consoles portáteis. Ao contrário da Nintendo que até hoje é líder do mercado, a Sony fracassou amargamente com o PSP e o PS Vita.

Pouco suporte, jogos exclusivos e funcionalidades sedimentaram todo o caminho para o fracasso comercial dos produtos. Agora, por conta desse histórico, a empresa admitiu que não voltará ao mercado dos portáteis por um bom tempo. 

Em entrevista para a Game Informer, Jim Ryan, presidente e CEO da divisão da PlayStation na Sony, revelou que a empresa não se vê mais dentro do mercado de consoles portáteis.

“PlayStation Vita foi brilhante de diversas maneiras, e a experiência que ele proporcionava era incrível, mas claramente não é um negócio que investimos mais. […] É tarde demais. O mundo se voltou contra consoles portáteis que não são máquinas dedicadas.”

O próximo console da Sony será o PS5 que deve ser lançado em 2020.