em , ,

RaivaRaiva TristeTriste Ri MuitoRi Muito UAUUAU ApáticoApático

Reportagem da Record ataca duramente animes e gera polêmica; veja

Não é de hoje que alguns veículos de mídia criticam arduamente algumas artes como games e séries violentas. Agora, a bola da vez são os animes que foram criticados em uma reportagem especial exibida pelo Domingo Espetacular. O grande alvo foi Death Note, anime de 2006.

A matéria reuniu diversos tipos de especialistas para apontar os possíveis riscos de crianças assistirem conteúdos adultos, com tom de pânico moral em frases como: “Infelizmente a nossa cultura vem abraçando a morte e a violência cada vez mais frequentemente. É o interesse de uma indústria que lucra bilhões com o estado do cérebro de angústia, medo, solidão e ansiedade”.

Ainda no site oficial da emissora, há um artigo adicional que discute “tendências preocupantes” de jovens supostamente imitando conteúdos que assistem na TV como as brincadeiras de Round 6 ou as tragédias de 13 Reasons Why, ambas da Netflix.

Em reação, no Twitter, o termo Death Note subiu aos Assuntos do Momento com mais de 40 mil tweets, acompanhado de Yu-Gi-Oh, pela lembrança da histeria do começo dos anos 2000 sobre as cartas serem endiabradas.

Confira:

Caso queira conferir a matéria, segue abaixo:

O anime Death Note está disponível na Netflix e não é recomendado para menores de 16 anos.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Redação Bastidores

Perfil oficial da redação do site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artista coloca Coringa de Joaquin Phoenix ao lado de Batman de Robert Pattinson; veja

Y: The Last Man é cancelada antes mesmo do fim da 1ª temporada