em

Todo o Dinheiro do Mundo | Refilmagens com Christopher Plummer custaram US$ 10 milhões a mais na produção

Substituir Kevin Spacey nas cenas de Todo o Dinheiro do Mundo por Christopher Plummer custou muito mais do que se imagina. O custo da produção teve um adicional de US$ 10 milhões ao refilmar as cenas originalmente feitas por Spacey após o ator ter sido acusado de abusar sexualmente diversos jovens durante sua carreira. A notícia é do site The Hollywood Reporter.

A produção de Ridley Scott teve pouco menos de 2 semanas para refilmar as cenas com Christopher Plummer, com mais de 400 trechos filmados em apenas nove dias. A maioria das cenas com o magnata J. Paul Getty foram refeitas, com exceção de uma, onde o personagem compra uma pintura por US$ 2 milhões em Roma.

Efeitos especiais só foram utilizados em apenas uma cena, que originalmente foi filmada na Jordânia. Nela, Plummer filmou em um chroma key, com o cenário sendo adicionado na pós-produção. Atores como Michelle Williams e Mark Wahlberg tiveram que reprisar seus papéis para as refilmagens de cenas onde contracenavam com Paul Getty.

A editora Claire Simpson diz que as refilmagens foram um desafio também para a edição, já que o tom da atuação de Plummer era bem diferente da de Spacey. A maquiagem de Plummer também teve um desafio diferente, já que o ator teve que ser maquiado para parecer 10 anos mais jovem em algumas cenas, enquanto Spacey teve uma maquiagem pesada para parecer bem mais velho. Kevin Spacey tinha 58 anos quando filmou as cenas e Plummer tem atualmente 88 anos.

Todo o Dinheiro do Mundo deve estrear no dia 25 de janeiro nos cinemas brasileiros.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Redação Bastidores

Perfil oficial da redação do site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Crítica | As Aventuras de Tadeo 2: O Segredo do Rei Midas – Uma Animação Esquecível

Lista | As 10 Melhores Séries de TV de 2017