cloverfield

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter e fique por dentro de todas as notícias! «

Informações técnicas

Distribuição: Paramount
Duração: 93 min
Discos: 2
Embalagem: Amaray
Luva: Sim
Preço: Não Disponível no Brasil*

Vídeo

Razão de aspecto: 2.35:1
Resolução: 1080p
Codec: MPEG-4 AVC 

Áudio

Inglês: Dolby TrueHD 7.1 (48kHz, 24-bit)
Português: Dolby Digital 5.1 
Espanhol: Dolby Digital 5.1

Análise

c8

O Filme

★ ★ ★ ★ 

Literalmente uma das surpresas de 2016, Rua Cloverfield, 10 foi anunciado abruptamente e prometia uma conexão com o ótimo filme de monstros Cloverfield, em uma trama radicalmente diferente e menor. O que recebemos foi algo que funciona mais como uma antologia do que continuação, mas também um dos thrillers mais intensos e surpreendentes do ano, com excelentes performances de Mary Elizabeth Winstead e um sinistro John Goodman – além de um terceiro ato completamente inesperado.

c9

Comentário em Áudio de J.J. Abrams e Dan Trachtenberg

★ ★ ★ ★ ★ 

J.J. Abrams é um excelente comentarista de seus filmes, e a dinâmica com o estreante Dan Trachtenberg funciona muito bem nesta maravilhosa faixa de áudio extra. De cara, já é bacana ver o entusiasmo de Trachtenberg em gravar seu primeiro comentário em áudio, vindo de uma geração de estudantes de cinema que cresceu ouvindo material do tipo, e Abrams surge ali como um divertido mentor. A dupla fala bastante sobre diversas histórias da produção, passando de movimentos de câmera desafiadores, as nuances da performance de John Goodman, a contribuição de Bradley Cooper e as muitas referências que Trachtenberg traz em sua bagagem. Vale a ouvida, sem dúvida.

c2

Cloverfield Também
(perde-se o genial trocadilho Cloverfield Too)

★ ★ ★ 

Quem toma as rédeas aqui é o produtor J.J. Abrams, que brevemente explica a origem do projeto, nascida de um spect script recebido pela Bad Robot. Vemos então uma rápida apresentação dos três personagens centrais por seus respectivos intérpretes, Mary Elizabeth Winstead, John Goodman e John Gallagher Jr, e a entrada do diretor estreante Dan Trachtenberg. É uma boa introdução, mas fico extremamente decepcionado por Abrams não mergulhar no conceito de antologia que Rua Cloverfield, 10 aparentemente inaugura.

c1

Mentalidade de Bunker

★ ★ ★ ½

Centrado no trabalho do designer de produção Ramsey Avery na elaboração e construção do principal cenário do filme: o bunker de Howard. Vemos algumas influências de visual e como alguns detalhes e objetos ajudam a revelar aspectos da personalidade um tanto maluca de seu proprietário. É informativo, mas rápido demais.

c3

Pegando o Pato

★ ★ 

Curtíssimo, trata-se da figurinista Megan McLaughlin falando um pouco sobre a roupa de contenção que a personagem de Michelle confecciona ao longo do filme. Não há muito o que se falar aqui, com exceção da curiosidade de que o adorável desenho do patinho foi uma ideia que surgiu tardiamente.

c6

Dando um Giro

★ ★ ★ 

Uma rápida olhada na criação de um dos efeitos práticos do filme, que envolvem duas cenas em que um carro é batido e levantado. Vemos a animação da equipe de efeitos especiais e também da atriz Mary Elizabeth Winstead, que comparam a experiência de criar um maquinário do tipo como a de um brinquedo da Disney.

c5

Kelvin Optical

★ ★ ★ ★ ★ 

Mergulhado no processo da pós-produção, o extra nos leva aos escritórios da Kelvin Optical, braço da Bad Robot especializado em efeitos visuais, mixagem de som e ilhas de edição. Acompanhamos de tudo um pouco de forma sintetizada e informativa, com destaque especial para o surpreendente e inesperado clímax que envolveu muito CGI, o design sonoro de algumas das criaturas e a montagem bastante específica do clímax. Provavelmente o melhor featurette do blu-ray.

c4

Bem Afinado

★ ★ ★ ★ ★

Um dos aspectos mais chamativos de Rua Cloverfield, 10 é a assombrosa e agitada trilha sonora de Bear McCreary e fico feliz que esta tenha ganhado um destaque considerável aqui nos extras. Mesmo curto, cada minuto é preenchido com informações interessantes e conceitos bem claros, com McCreary explicando a escolha de seus instrumentos para criar o tema de Michelle (o uso do instrumento de cordas turco yali tambur é particularmente brilhante) e Howard, assim como suas inspirações no trabalho de Bernard Hermman para criar uma música tensa e perturbadora. Excelente.

c7

Fim da História

★ ★ ★ 

Bem, é uma extensão do primeiro featurette e traz a equipe e elenco discutindo sobre o impacto do filme e, claro, o final inesperado. Abrams em especial volta a falar sobre este filme ser “um parente” de Cloverfield, mas novamente não explora melhor o promissor conceito de antologia.

Conclusão

nota-4

Rua Cloverfield, 10 é um dos mais intensos e satisfatórios filmes de 2016, e o lançamento em blu-ray faz um trabalho competente com os extras. O comentário em áudio dos realizadores é sensacional, e alguns featurettes até conseguem explorar bem algumas das etapas de produção do projeto. Que Hollywood continue entregando pequenos grandes filmes como este.

*Somente disponível em DVD por 39,90. Todos os extras do blu-ray estão disponíveis na edição nacional.

Comente!