em ,

10 Melhores Cenas de Keanu Reeves no Cinema

Um Mito para sempre vivo!

Com Spoilers!

Todo mundo ama Keanu Reeves unanimemente, certo?! Se você não for um deles, que você ainda possa encontrar seu coração na sua vida. Pois motivos de sobra para esse fato inquestionável não faltam. Seja pela pessoa realmente boa que ele mostra ser por detrás das câmeras, mas também pelo BRILHO que ele resplandece na tela. Ele ta longe de ser um dos melhores atores de todos os tempos, quiçá um ÓTIMO ator (questionável, dependendo do filme), mas ele sempre mostrou um enorme nível de dedicação e uma personalidade afável que sempre torna sua presença na tela imediatamente chamativa e memorável. Seja estrelando algumas das melhores cenas de ação de todos os tempos, ou quando ele aprendeu a rir de si mesmo, ou mostrou verdadeiro talento, e aqui vão os melhores exemplos que mostraram porque Keanu Reeves é TÃO LEGAL!

Cavalos também são armas – John Wick 3: Parabellum

Você provavelmente vai ver muitas cenas de John Wick aqui, dentre muitas que seriam fortes candidatas a merecidamente serem destacadas, mas vamos começar pela última que deixou muito bem cravado na memória de que John Wick é capaz de tornar qualquer coisa em uma arma, inclusive um fiel cavalo. Em uma memorável sequência que cobre os primeiros gloriosos 20 minutos do terceiro filme da franquia, John é encurralado de todos os lados, e consegue escapar de todos dele de maneira a sempre te deixar em estado de: UAL, COMO RAIOS QUE ELE FEZ AQUILO?!; e nada mais ressaltou isso do que se não usar um estábulo como uma arma letal. Apenas veja pra crer!

Vilão de Artes Marciais – O Homem do Tai Chi

Keanu Reeves dirigindo um filme de artes marciais Chinês estrelando ele mesmo no papel do inescrupuloso vilão de nome Donaka Mark, podia ser uma piada mas na verdade é um baita filme de artes marciais legitimo, lindamente coreografado de maneira quase contemplativa e nunca desgastante, e que entrega uma cena final de luta belíssima entre Reeves e Tiger Hu Chen, e que mostra o quão apaixonado o ator é pelo cinema de artes marciais, e como o mesmo pode ser consagrado como um nome importante do mesmo!

Surfando debaixo do Ônibus – Velocidade Máxima

Para um filme inteiro que poderia se encaixar aqui, é difícil tirar da cabeça um momento impactante e de extrema tensão que se destaca em Velocidade Máxima, quando Jack Traven, personagem de Reeves tem que se pendurar debaixo do ônibus em movimento para desarmar uma bomba enquanto Sandra Bullock tem que manter o veículo na velocidade máxima. Essa nem é a maior loucura por qual esse ônibus passa no filme, mas só de ver Keanu Reeves deitado de verdade em um carrinho de baixo de um ônibus em movimento, tudo em câmera, é um gostinho do nível de adrenalina e tensão que esse filme entrega com sobras. (Perdão se a cena só está disponível em Hindu, mas não tira o quão legal ela é!)

“YES I CANADA!” – Toy Story 4

Talvez o papel mais imprevisível que Reeves já interpretou na sua vida, como também um dos mais memoráveis quando ele deu sua voz à Duke Caboom, o maior dublê do Canadá, e um sociopata de alma inocente. Ele é tão hilário quanto melancólico e tudo graças à voz PERFEITA de Reeves no personagem que quase rouba o filme inteiro pra si em uma só cena! Um filme solo do Duke Cabooom? Gostaríamos!

Todo mundo recebe uma faca – John Wick 3: Parabellum

Ainda dentro dos memoráveis 20 minutos iniciais de John Wick 3: Parabellum, é indispensável ressaltar o momento em que John Wick não teve que contar com seu arsenal de armas de fogo, e teve que improvisar com as armas à sua volta, literalmente, para sobreviver. Usando facas como uma bailarina letal, e dançando o balé da morte com seus oponentes em uma das melhores sequências de ação da franquia, e uma das mais brutais. Nada como ver Keanu Reeves enfiando uma faca no olho de um capanga em câmera, um toque de chef!

“IT WAS FREE FUCKING PIZZA” – Bata Antes de Entrar

Poucas palavras pra definir o nível de perversidade e irreverência que percorre por Bata Antes de Entrar, a pérola mais subestimada da filmografia de Eli Roth, seria muito injusto com a experiência absolutamente intensa quanto hilária de se assistir. Apenas imagine o cara boa gente de Keanu Reeves sendo torturado psicologicamente e fisicamente por duas beldades como Lorenza Izzo e Ana de Armas, em um jogo de sensualidade erótica e tortura emocional, e nada melhor resume do que essa cena tão maravilhosamente trash. Alguns chamam de lixo, nós chamamos de um dos melhores momentos da carreira de Reeves por se permitir passar por tanta irreverência sem restrição e medo algum!

Briga no Castelo – Matrix Reloaded

De todas as cenas que você pode ressaltar da trilogia Matrix e suas brilhantes coreografias que quebram os limites da realidade da ação e fantasia que o universo da Matrix entrega, uma em particular que crava na memória, e o mais poderoso que o personagem de Neo já se mostrou é o seu encontro com uns capangas em um castelo. Que vai desde ele parando balas em pleno ar, saltando de um lado pro outro em incessante movimento, ressaltando suas inspirações em artes marciais em um nível quase abstrato, e usando todos os tipos de armas antigas à disposição dentro de coreografias simplesmente perfeitas. É o perfeito exemplar do melhor de ação que a trilogia tem pra entregar!

“D de Desespero” – O Homem Duplo

Passando longe de ser um filme popularmente conhecido, o subestimado Homem Duplo de Richard Linklater também carrega uma das melhores cenas da carreira de Reeves. Dentro de seu drama-cômico completamente hipnótico e emaranhado em reflexões – tanto em termos de aspectos visuais quanto da própria história, trazendo de forma quase literal as reflexões da literatura de Philip K. Dick para a tela. E no centro da narrativa temos Reeves interpretando um detetive investigando a venda e o fornecimento de uma substância chamada ‘D’ – da qual 20% de toda a população dos EUA é viciada, incluindo ele mesmo. E é nessa cena, que o ator mostra a força de seu desempenho e do material, em um testemunho final amargo de arrependimentos, frustração e desespero que ator captura com extrema sutileza e profunda sinceridade em suas palavras.

Perseguição de Amigos – Caçadores de Emoção

Como todo excelente trabalho envolvendo Reeves, tudo advém de sua habilidade de se entregar totalmente e confiar no seu próprio potencial para ação, com determinação e habilidade de sobras. E Caçadores de Emoção de Kathryn Bigelow é sem dúvida um dos melhores filmes a realizarem isso. E dentre seu vasto leque de cenas altamente memoráveis, é nessa perseguição onde o talento da diretora e de seus atores brilham na tela, desde o trabalho de câmera de tirar o fôlego, e a edição afinada, com Reeves e Swayze passando por casas, muros e usando um cachorro como arma, e terminando em um grito gloriosamente cafona. É um daqueles momentos de ação mais inesquecíveis que você pode assistir na vida!

Limpando o Clube – John Wick: De Volta ao Jogo

Provavelmente a cena que trouxe Reeves de volta ao estrelato, e se à essa altura do filme já não estava claro, aqui vai a melhor demonstração da franquia de como John Wick é um homem de objetivo cravado e determinado, e que nem a morte vai pará-lo até ele concretizar seu alvo. E claro, o ator carrega isso com um verdadeiro instinto assassino que você compra a cada segundo glorioso dessa sequência inesquecível que deixaria o Vincent de Tom Cruise em Colateral orgulhoso!

Menção Honrosa:

Keanu Reeves não é uma pessoa, é um papel! – Always Be My Maybe

É cedo para chamar de uma das melhores cameos de todos os tempos? Dane-se, é simplesmente irresistível não já considerar isso da aparição surpresa de Keanu Reeves na comédia da Netflix Always Be My Maybe. A típica comédia romântica mela cueca feita para assistir e arrancar uns risos, mas não mais histéricos que quando o ator aparece interpretando ele mesmo em sua versão mais exageradamente Keanu Reeves já imaginada e é puro ouro. Tivemos que colocar as duas partes juntas pois seria um crime em deixar a cena incompleta, e nem é metade do que ele faz no filme!

O que você achou desta publicação?

Publicado por Raphael Klopper

Estudante de Jornalismo e amante de filmes desde o berço, que evoluiu ao longo dos anos para ser também um possível nerd amante de quadrinhos, games, livros, de todos os gêneros e tipos possíveis. E devido a isso, não tem um gosto particular, apenas busca apreciar todas as grandes qualidades que as obras que tanto admira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cenas pós-créditos de Shang-Chi é um preparo para Vingadores 5 e outras produções da Marvel

Keanu Reeves retorna como Neo em primeiro trailer de Matrix Resurrections