em ,

Filme francês ‘Lindinhas’, acusado de sexualizar crianças, motiva processo no Texas

Agora a Netflix começa a enfrentar problemas jurídico-legais por conta de Lindinhas, filme francês polêmico que tirou a paz de muitos espectadores que acusam a obra de sexualizar o elenco infantil feminino.

O deputado americano Matt Schaefer do Texas protocolou um processo contra a gigante do streaming.

Na publicação, Schaefer afirma que a plataforma de streaming promoveu material do filme com “a exibição obscena da região púbica de uma criança vestida ou parcialmente vestida, com menos de 18 anos de idade, que apela ao interesse lascivo por sexo”.

A emissora americana NBC News também noticiou a acusação. A Netflix não comentou o caso.

A trama do filme é centrada em uma menina muçulmana de 11 anos que “começa a se rebelar contra as tradições de sua família conservadora quando fica fascinada por uma turma de dança”, segundo a Netflix.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Disney afirma que não autorizou uso dos Muppets em propaganda política de Joice Hasselmann

Johnny Nash, famoso por “I Can See Clearly Now”, morre aos 80 anos