Com o lançamento de A Vingança de Salazar, o Bastidores decidiu escolher quais são os grandes personagens da franquia Piratas do Caribe. Apesar da qualidade dos filmes terem decaído, a franquia sempre teve personagens interessantes. Entre no navio e confira:

10. Gibbs (Kevin McNally)

O fiel escudeiro e primeiro imeditato de Jack Sparrow no Pérola Negra, Gibbs é o tipo de conselheiro que todos nós gostaríamos de ter. Claro, quando não está se embebando de rum ou deixando que o navio seja roubado, Gibbs é um ótimo pirata, e a performance de Kevin McNally é um dos aspectos mais subestimados da franquia.

9. Barba Negra (Ian McShane)

Até o momento o único personagem historicamente real da franquia. Apesar do quarto filme ser o mais fraco, Barba Negra vale pela sua presença. É o vilão mais cruel com quem Jack Sparrow cruzou, não medindo esforços para conseguir os seus objetivos. Destaque para a presença magnética de McShane e pela frieza que dá ao interpretar o mais terrível dos piratas.

8. Tia Dalma (Naomie Harris)

Apesar da reviravolta, que ocorre no terceiro filme, quanto a sua real identidade ser – no mínimo – forçada, Tia Dalma sempre mostrou ser uma personagem interessante por guardar um grande mistério quanto ao seu passado. Muito desse mistério vem por conta da performance de Naomie Harris que criava uma ambiguidade sobre as suas reais intenções. Apesar do seu destino, Tia Dalma foi uma personagem bem interessante.

7. Elizabeth Swann (Keira Knightley)

No primeiro filme, Elizabeth Swann é quase insuportável. Limitada ao arquétipo da donzela em perigo que mais provoca problemas do que soluciona, o quadro se transforma quando a filha do governador ganha mais força e coragem nas continuações, trazendo ali uma personagem feminina forte e destemida, especialmente durante seu arco isolado no segundo filme – chegando até mesmo a sacrificar Jack Sparrow na tentativa de salvar seus amigos.

6. O Cachorro das Chaves

Olha, muitos personagens nessa franquia têm arcos fascinantes e jornadas imprevisíveis. Mas eu realmente pagaria pra ver como o Cachorrinho que guardava as chaves da prisão em Porto Real conseguiu sobreviver a tudo o que é sugerido. Ele acaba indo parar na ilha dos canibais Pelegostos, onde é visto – assim como Jack Sparrow antes dele – como um deus para a tribo. Milagrosamente, o cãozinho acaba de volta à Corte dos Lordes Piratas no terceiro filme. Que mascote adorável e destemido.

5. Angélica (Penélope Cruz)

Novamente: Navegando em Águas Misteriosas é o pior filme da saga, mas alguns poucos elementos se salvam. Além do já mencionado Barba Negra de Ian McShane, precisamos reforçar o quão divertida e carismática Penélope Cruz estava no papel de Angélica. Uma ex-namorada de Jack Sparrow, a personagem é o tipo de perfil que bate de frente com Sparrow, além de compartilhar alguns de seus traços, como o humor e a sagacidade. 

4. Lorde Cutler Beckett (Tom Hollander)

Mesmo que povoada por diversas figuras maléficas e perigosas, talvez nenhum tenha sido tão detestável e odioso quanto o Lorde Cutler Beckett, o líder da companhia das Índias Orientais e principal antagonista de O Baú da Morte e No Fim do Mundo, sendo capaz de dominar até mesmo o poderoso Davy Jones e usá-lo a seu favor. É um personagem manipulador, e a performance maliciosa de Tom Hollander é o bastante para o espectador desejar logo sua despedida.

3. Hector Barbossa (Geoffrey Rush)

Desde o primeiro filme, Barbossa foi um personagem muito divertido. Além de ter uma forte presença, sempre aparenta ter uma carta na manga que o torna ameaçador em vários momentos. Muito da presença de Barbossa vem do excelente Geoffrey Rush, que mostra como o capitão tem orgulho de ser pirata. Tanto que não economiza gargalhadas e berros. Um personagem muito bom de ver em tela.

2. Capitão Jack Sparrow (Johnny Depp)

O personagem que segura a franquia e que lhe rendeu a primeira indicação de Johnny Depp ao Oscar de Melhor Ator em 2003. Jack é o personagem mais carismático por sua excentricidade e por ser competente de uma maneira completamente desleixada, que deixa na duvida se foi na sorte ou se foi planejado. Apesar de do quarto filme mostrar que não serve para ser protagonista, o Capitão Jack Sparrow é um personagem que merece destaque.

1. Davy Jones (Bill Nighy)

Além de ter uma excelente concepção visual, Jones é o personagem mais complexo da franquia. Não é apena um vilão cruel que faz maldades, porque ele é movido por um sentimento humano como qual ele reprime, que o fez o transformar em um monstro. É um personagem humano que tem várias camadas. Muito se vale ao ótimo trabalho de Bill Nighy que via nos mostrando que mesmo tendo uma aparência monstruosa, Jones ainda tem um lado humano dentro dele.

Marujos, faltou mais um personagem? Se faltou, comentem!

Leia mais sobre Piratas do Caribe