em

Parar de exibir Chaves é uma “agressão às pessoas”, diz atriz de Dona Florinda

A Televisa e o grupo Chespirito romperam contrato e isso significa que Chaves, Chapolin e outros programas não serão mais exibidos em alguns países da América Latina, incluindo o Brasil.

Agora, Florinda Meza, a dona Florinda de Chaves, ficou indignada com a decisão e escreveu nas redes sociais. A viúva de Roberto Bolaños revelou que não foi chamada para participar das conversas sobre as renovações dos contratos de direito de exibição.

Na publicação, Meza disse que retirar os títulos do ar justo agora, “quando o mundo mais necessita de diversão”, chega a ser uma “agressão às pessoas”.

A atriz também questionou o lado comercial da decisão, e disse que “Chespirito já é um programa cultuado. É parte do DNA dos latinos, e levamos em nossa memória genética. Querer eliminá-lo do nada é uma medida pouco inteligente”, disse. “Talvez alguns executivos sem visão querem apagá-lo, mas no coração e na memória dos bons, que sempre o seguiram, estará mais vivo que nunca.”

Meza finalizou dizendo que Bolaños, caso ainda estivesse vivo, sofreria na alma com a decisão comercial e jurídica sobre os contratos que vão privar millhões de pessoas de apreciar um programa antológico.

Logo, não há mais Chaves no Multishow, SBT e na Amazon Prime.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Sony anuncia State of Play focado em PS4 para essa semana e avisa sobre compatibilidade de periféricos

Ministério da Economia propõe acabar com a meia-entrada