em ,

Warner investiga alegações de abuso no set de Liga da Justiça, diz Ray Fisher

Depois das várias denúncias de Ray Fisher, ator que interpreta Ciborgue em Liga da Justiça, sobre o comportamento do cineasta Joss Whedon, encarregado das refilmganes da obra, e do produtor Geoff Johns, a Warner iniciou uma investigação para apurar os fatos.

Depois de 5 semanas de entrevistas com vários membros do elenco e da equipe, a Warner Media oficialmente iniciou uma investigação terceirizada independente para chegar ao cerne do ambiente de trabalho tóxico e abusivo criado durante as refilmagens de Liga da Justiça. Isso é um ENORME passo à frente!

Acredito que essa investigação vai mostrar que Geoff Johns, Joss Whedon, Jon Berg (e outros) abusaram do poder deles durante a incerteza da fusão da AT&T com a Time Warner. Obrigado Warner Media e AT&T por esse esforço para garantir um ambiente de trabalho mais seguro para todos!

O site The Hollywood Reporter confirmou a informação de que a Warner está investigando o caso, e os detalhes são sendo mantidos em sigilo.

Atualmente, Liga da Justiça está em processo de pós produção para estrear na HBO Max em 2021 de acordo com a visão original de Zack Snyder.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Casal de idosos constrói escultura gigante do Totoro em ponto de ônibus

Netflix cancela ‘I Am Not Okay With This’ e ‘The Society’ após uma temporada