Com toda certeza um dos assuntos mais comentados no momento é o mais novo longa da Netflix, Bird Box, estrelado pela famosa Sandra Bullock. Contudo, o que muitos fãs não sabem é que o filme foi baseado no romance de mesmo nome escrito por Josh Malerman. O livro foi aclamado pela crítica e ganhou vários prêmios. Se você não leu, você pode estar se perguntando em se diferem as duas versões.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Com isso, fizemos está mostrando uma comparação lado a lado do romance e do filme, Confira.

LOCAL ONDE OCORREM OS EVENTOS

O local onde ocorrem os eventos no romance e no filme são bastante diferentes. Enquanto o livro é ambientado em Detroit, com um cenário urbano que é totalmente diferente do mostrado na adaptação da Netflix, que é ambientado no norte da Califórnia. As paisagens naturais dão ao filme uma tensão maior, que praticamente seriam impossíveis em uma cidade como Detroit. Ainda mais que o longa depende bastante do perfeito silêncio de toda a floresta.

OS PÁSSAROS

No livro, os pássaros são mantidos próximos a uma mina de carvão. Eles avisam quando as criaturas estão próximas. Malorie leva eles com ela em sua perigosa jornada com as crianças para que eles sirvam como o alarme perfeito para sinalizarem a presença da criatura enquanto ela e as crianças viajam. Já no filme, isso muda um pouco. Malorie encontra os pássaros vivos e prosperando em um supermercado. Eles lhe dão esperança, que é o que eles simbolizam. No final do filme, quando ela e as crianças estão seguras no santuário, ela liberta os pássaros para desfrutarem da mesma liberdade.

DOUGLAS

John Malkovich nos entrega uma performance convincente como um narcisista cruel como Douglas. Ele passou literalmente todo o apocalipse bebendo e sendo um idiota egoísta. Douglas é alto, desagradável e pensa apenas por si mesmo. Entretanto, uma grande diferença entre o longa e o livro, é que o personagem não existe no romance. O personagem acrescenta alguma tensão necessária ao filme que tem um ritmo muito diferente do que o livro, por isso acrescentaram ele a história.

A JORNADA PELO RIO

No filme, Tom e Malorie vivem escondidos, criando os filhos em uma casa segura. Eles não têm planos para viajar. Até que em uma noite eles recebem uma transmissão de rádio de Rick pedindo-lhes para irem ao santuário. Já o livro conta uma história muito diferente. Depois que Tom morre, Malorie recebe a ligação de Rick. Ele fala sobre o santuário. Então ela começa a treinar para a longa viagem ao local. Ela passa quatro anos preparando-se junto com as crianças para os perigos que iriam enfrentar. Já no filme ela parte sem preparo algum.

O FINAL

O final do filme é surpreendentemente positivo. Afinal, uma história sobre o fim do mundo é sem sombra de dúvidas sombria. No final do filme, Malorie e seus filhos chegam ao santuário. Eles encontram um paraíso verde e exuberante, repleto de crianças, pássaros e outros sobreviventes. O refúgio é um lar para cegos, e é por isso que muitos conseguiram sobreviver. No livro, Malorie e as crianças ainda conseguem chegar ao local, mas as circunstâncias são mais sinistras. Muitos dos sobreviventes em seu final feliz tinham se cegado intencionalmente. Eles fizeram uma escolha incrivelmente sombria para sobreviver.

Comente!