em , ,

Crítica | What If…? – 01×05: E Se… Zumbis?!

Inspirada na minissérie de apenas cinco volumes publicada em 2005 e escrita por Robert Kirkman, o mesmo autor de The Walking Dead, a série What If…? finalmente traz a primeira adaptação audiovisual de Zumbis Marvel

Alterando diversos elementos e usando apenas o mesmo conceito para trazer uma história focada no Universo Cinematográfico da Marvel, o roteirista Matthew Chauncey traz, provavelmente, o pior episódio desta primeira temporada da série. 

Acontecendo logo após os eventos da abertura de Vingadores: Guerra Infinita, Bruce Banner cai na Terra para avisar todos os heróis da vinda iminente de Thanos atrás das Joias do Infinito. 

Em questão de poucos momentos, descobre que a Terra já não é mais a mesma e diversos dos defensores da humanidade como Capitão América, Doutor Estranho, Falcão, Homem de Ferro, entre outros, viraram zumbis sedentos por carne humana. 

Sendo salvo por Vespa e Homem-Aranha, Banner se une à última resistência para encontrar uma cura possivelmente descoberta em um campo distante de Nova Iorque. 

Assim como em inúmeras obras da Marvel, o quinto episódio de What if… ? sofre tremendamente com inconsistências tonais. Mas no caso, é algo severo, grave e beira o insuportável. A proposta do episódio já é bastante sombria por si só e traz mortes de diversos personagens importantes.

Entretanto, é impossível levar qualquer tentativa pífia de drama que Chauncey tenta elaborar quando em questão de meros segundos há alguma piada vazia e muito mal escrita sendo jogada em meio aos acontecimentos trágicos. 

Ao longo de todo o episódio, os personagens são obrigados a matar seus amigos zumbificados e até mesmo os recém-zumbificados, mas nada parece afetar o psicológico deles. Uma das personagens literalmente explode outra e solta uma piada em seguida por estar coberta de restos mortais. Então outra já emenda que o Homem-Aranha tem álcool em gel à disposição. 

É simplesmente bizarro e nada orna nessa mistura insana de momentos pesados com comédia pastelão. Outros personagens literalmente morrem fazendo piadas. Afetado pelo humor de quinta, o episódio passa a se tornar verdadeiramente irritante quando os personagens são acometidos por ataques de burrice extrema, sendo que temos um time de verdadeiros gênios em essência. 

Seja na hora de se despedir de uma recém-infectada que com certeza pode virar uma ameaça gigantesca ou, no pior momento do episódio, no qual Visão toma uma atitude incompreensível antes de ajudar os heróis a resolver um problema criado por si próprio. Como disse, é realmente insano. 

Chauncey escreveu um roteiro com uma preguiça inigualável sem nem tentar, ao menos, encerrar essa história extremamente apressada. Fora o fato de ter pego o pior livro de piadas para crianças para rechear esse episódio de humor totalmente sem graça – boa sorte com a versão mais irritante de Scott Lang já vista em qualquer mídia até hoje. 

Se há um único momento que salva, está no bonito diálogo entre Parker e Hope van Dyke em um trem. Também há referências interessantes em momentos que mimetizam Train to Busan, Zumbilândia e The Walking Dead

Na direção, os problemas habituais estão presentes. A ação segue decaindo de qualidade desde o primeiro episódio, mas aqui torna-se relativamente brega pelo fato da violência ficar ocultada por enquadramentos propositais, afinal ainda se trata de uma série para…. crianças? Diante de tantas inconsistências tonais, é um mistério entender para qual audiência essa série foi pensada. 

Depois de um quarto episódio absolutamente brilhante, de texto afiado e de história realmente impactante, a quinta história afunda a qualidade atingida na semana anterior deixando em evidência o quão inconsistente se trata What if…?

Me questiono se o Vigia também fica checando quanto tempo de exibição resta para o episódio acabar enquanto lida com o sentimento absoluto de vergonha alheia. 

What If…? – 01×05: O Que Aconteceria se… Zumbis?! (What If… Zombies?! 2021, EUA)

Showrunner: A.C. Bradley
Direção: Bryan Andrews
Roteiro: Matthew Chauncey
Elenco: Jeffrey Wright, Mark Ruffalo, Evangeline Lilly, Paul Rudd, Paul Bettany,  Jon Favreau, Sebastian Stan, Chadwick Boseman
Gênero: Aventura
Streaming: Disney+
Duração: 30 min

Clique aqui para acessar o Guia de Episódios

O que você achou desta publicação?

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Andrew Garfield nega envolvimento em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa

Cenas pós-créditos de Shang-Chi é um preparo para Vingadores 5 e outras produções da Marvel