em ,

Felipe Neto é intimado por chamar Bolsonaro de ‘genocida’ no Twitter

O youtuber Felipe Neto foi intimado ontem (15) pela Polícia Civil do Rio de Janeiro a comparecer à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, para depor em uma investigação de suposto “crime contra a segurança nacional”.

O youtuber recorreu ao Twitter para divulgar o que aconteceu com ele citando a causa da intimação ter chamado o presidente da república Jair Bolsonaro de “genocida”.

Através de uma nota à imprensa, a Polícia Civil afirmou que Felipe foi intimado depois que o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos – RJ), filho do presidente da República, protocolou uma petição denunciando o suposto crime contra a segurança nacional.

Confira:

Felipe Neto recebeu apoio de políticos após divulgar a intimação, e a hashtag “#BolsonaroGenocida” chegou ao topo da lista de assuntos mais comentados do momento no Twitter.

O caso segue até o momento sem maiores novidades.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Leave a Reply

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Gravações do live-action de Cowboy Bebop foram finalizadas

Filme de Mortal Kombat não será tão violento quanto os jogos, explica produtor