Zumbilândia é um dos filmes mais criativos do gênero já praticamente esgotado focado em zumbis. Trazendo doses de comédia muito certeiras e conexões criativas com personalidades do mundo real, além de ensinar as regras mais básicas para sobreviver em um mundo dominado por mortos-vivos, o filme conquistou uma expressiva quantidade de fãs que sempre pediram por uma sequência.

Felizmente, parece que Zumbilândia 2 vai sair do papel trazendo todos os atores queridos do elenco de volta. A previsão de estreia é para 11 de outubro de 2019.  Porém, mesmo longe, ter a confirmação que a produção vai acontecer, já é uma vitória. Enquanto o novo filme não chega, nada melhor do que aprender um pouco mais desse já clássico do gênero com diversas curiosidades sobre os bastidores de sua produção.

Zum

Era para ter sido um seriado

No começo da produção de Zumbilândia, teríamos na verdade um seriado situado nesse universo que seria transmitido pela CBS. Um dos roteiristas revelou que o projeto ficou por anos na emissora que nunca se decidia se devia fazer um piloto ou não. No fim, a SonyTV acreditou no projeto e levou para patentes mais alta do estúdio conseguindo que o seriado se tornasse um longa-metragem.

Todo o sangue no filme é digital

Essa tendência em 2009, ano que Zumbilândia foi lançado, estava começando a surgir. Hoje, praticamente inúmeros filmes usam sangue digital. Na época, a produção escolheu não fazer nenhum tipo de efeito prático para mutilações e derramamento de sangue. Por isso, toda vez que um zumbi é destroçado, os efeitos são de computação gráfica. Na época, alguns críticos apontaram que o efeito quebrava a imersão do filme por ser muito perceptível.

O Supermercado foi totalmente construído para a filmagem

Ocasionalmente, cenários que já existem no mundo real são alugados pelos estúdios e feitos de locações. Supermercados geralmente não são construídos do zero para a filmagem de uma obra audiovisual. Mas com Zumbilândia, tivemos essa exceção. Antes de ser um mercado, o lugar era um galpão vazio por anos. Todo o design de produção foi pensado para dar a impressão do lugar ter sido abandonado há um tempo, embora ainda contivesse diversos produtos.

100 regras de sobrevivência seriam exibidas no filme

Já imaginou contar com Jesse Eisenberg interrompendo a obra cem vezes para contar novas regras de sua lista de sobrevivência? No primeiro rascunho do roteiro, teríamos cem regras que foram caindo até o número máximo de trinta. Porém, na versão final da obra, apenas somos apresentados a dez regras ao longo do filme inteiro. Certamente podíamos encarar mais de dez, afinal é um dos aspectos mais originais de Zumbilândia.

Woody Harrelson aprendeu a tocar banjo

Harrelson encarnou Tallahassee, um dos personagens mais carismáticos e interessantes do filme. Sabendo que o ator sempre leva os papeis muito a sério e ao extremo, decidiu também a aprender tocar o banjo para as cenas do filme. Ele toca o instrumento durante a icônica cena do mercado.

Acabou virando um seriado

Pois é, imagine essa ironia. Originalmente pensado como um seriado e depois transformado em filme, Zumbilândia acabou ganhando um piloto de série que chegou a ser exibido ao público. Por conta da produção trazer os mesmos personagens do filme, mas com atores diferentes e também apresentando um arco já explorado, os fãs receberam a obra com uma das reações mais negativas da História da TV. Rapidamente o projeto foi cancelado e a Sony torce para que todos tenham esquecido de toda essa história.

John Carpenter dirigiria o projeto

Quando Zumbilândia ainda estava programado como seriado, os produtores combinaram que John Carpenter, diretor de diversas obras conceituadas de ficção científica e terror como O Enigma de Outro Mundo, dirigiria o piloto da série.

Porém, como a série acabou virando filme, cobrando maior participação de Carpenter, o diretor teve que recusar a oferta por conta de conflitos de agenda, apesar de ter adorado o roteiro. Por fim, o novato Ruben Fleischer assumiu a direção do filme e estreou em grande estilo em Hollywood. Hoje, ele dirige Venom.

Apesar do elenco já estar confirmado para Zumbilândia 2, ainda não se sabe se Fleischer retornará para o cargo.