em

Listas | Os 10 Melhores Diretores de Filmes de Terror

Com o Dias das Bruxas chegando, nada mais justo do que falar de diretores especializados em fazer com que o público tenha medo. Vamos separar dez dos melhores diretores do gênero terror.

10) Sam Raimi

Tudo bem que Raimi pode ser considerado um diretor mais de “terrir” (terror com comédia) do que de filmes mais voltados para o gênero. Mas ele sabe construir muito bem o suspense e te deixa tenso antes de fazer você gargalhar após o susto das cenas. A franquia Evil Dead e o ótimo Arraste-me Para o Inferno mostra como Raimi conhece bem o gênero, faz bem a transição do terror para o horror e ainda por cima diverte.

9) Hideo Nikata

Diretor da franquia Ringu original que foi refeito em Hollywood como O Chamado, Nikata pertecne a uma geração de diretores japoneses especializados em filmes terror que bombou no começo dos anos 2000 assim como Takazhi Shimizu, o responsável pela franquia O Grito. Os melhores filmes de Nikata estão no Oriente, no Ocidente a sua primeira experiência foi O Chamado 2 que merece ser esquecido.

8) Tobe Hooper

Falecido esse ano, Hooper dirigiu dois marcos do terror americano: O Massacre da Serra Elétrica e Poltergeist – O Fenômeno. Apesar de ter tido uma carreira irregular, Hooper mudou o gênero de terror com esses dois filmes, principalmente por trazer ao mundo o sanguinário Leatherface, que se tornou um dos assassinos mais marcantes do cinema.

7) James Wan

Dos diretores da nova geração de terror, Wan é facilmente o mais bem sucedido. Inaugurou nada mais que três poderosas franquias de terror: Jogos Mortais, Sobrenatural e Invocação do Mal. Durante a sua evolução como diretor, percebe que Wan sabe criar tensão muito bem, fazendo com que o espectador não saiba o que está temendo. Além de comprovar que é eclético, fazendo Velozes e Furiosos 7 e Aquaman.

6) George A. Romero

O pai dos filmes de zumbis. Além de criar esse monstro clássico, Romero se mostrou muito eficiente na sua maneira de fazer terror, que além de assustar o seu foco era fazer alegorias políticas. Além dos seus filmes de zumbis, ele fez em O Exército do Extermínio, além de entrar no estilo mais psicológico como foi feito em Martin. Um diretor que explorou o gênero.

5) Wes Craven

Wes Craven teve uma carreira muito irregular, por realizar desastres como Almadiçoados, Um Vampiro no Brooklyn e A Sétima Alma. Mas o que o torna tão especial? Ter feito dois games changes do gênero: a criação de um do serial killers mais famosos do cinema, o icônico Freddy Krueger (Robert Englund), na franquia A Hora do Pesadelo e por fazer uma ótima homenagem/paródia dos filmes slasher e suas regras em Pânico. Isso não é para poucos, visto que Craven já havia feito sucesso no começo de sua carreira por filmes que assustavam por conta da sua violência como Aniversário Macabro e Quadrilha de Sádicos (Ambos tiveram remakes). Craven tem o seu lugar especial no cinema de terror.

4) Dario Argento

Diretor italiano que conseguiu um grande sucesso no gênero durante a década de 60 e 70, quando começou dirigindo giallos (gênero de suspense muito popular na Itália) até ir para o terror que o consagrou. Ficou conhecido pela quantidade de sangue que colocava em tela e pelo cuidado das execuções de seus filmes. Ficou famoso pela Trilogia das Mães, que são A Mansão do Inferno, Suspiria (considerado uma dos melhores filmes de terror da história) e O Retorno da Maldição – A Mãe das Lágrimas, lançado trinta anos depois de Suspiria.

3) Mario Bava

Se Argento se consagrou como um grande diretor de terror italiano, ele teve um mestre: Mario Bava. O Maestro do Macabro dirigiu mais de quarenta filmes em uma carreira de mais de trinta anos. Por conta das dificuldades de financiar seus filmes e da situação precária da produção, ele mesmo assinava a fotografia e fazia produções de baixo orçamento. Em sua obra pode se destacar Banho de Sangue e Lisa e o Dibao que foi considerado um filme a frente do seu tempo. Bava é uma grande referência para diretores como Tim Burton, Quentin Tarantino e tem uma grande admiração de Martin Scorsese.

2) John Carpenter

Um dos diretores de terror mais elogiados do cinema norte-americano e com razão. O estilo rebelde e independente de Carpenter, fez com que fizesse filmes com orçamentos limitados, mas com grande sucesso de público e de critica. O clássico Halloween – A Noite do Horror, que popularizou o gênero slasher na figura do assassino Michael Myers. Carpenter realizou outras obras muito fortes como Christine – O Carro Assassino, Vampiros de John Carpenter, Eles Vivem, A Bruma Assassina e um dos maiores filmes de terror da história: o incrível O Enigma de Outro Mundo. Ou seja, um diretor especial para o gênero terror.

1) Alfred Hitchcock

Sei que o deve estar pensando: “Hitchcock é suspense, não terror”. Mas se perguntar para todos 9 de 10 diretores que trabalham com terror, todos vão dizer que há influencias de Hitchcock em seu trabalho. Além do domínio incrível sobre a linguagem cinematográfica, o Mestre do Suspense sabia como ninguém como criar tensão e apavorar o espectador em clássicos como Psicose e Os Passáros.

Quais faltaram e quais merecem destaque? Curtem, comentem

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por João Pedro Gibran

Formado em Rádio e TV e cinéfilo doente. Esse ser sonha em trabalhar com cena um dia. Tem Martin Scorsese e Akira Kurosawa como Deuses.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Lista | 12 Referências de Stranger Things 2 que Você não Percebeu

Lista | 20 Piores Franquias de Filmes de Terror de Todos os Tempos