em ,

Paródia erótica de La Casa de Papel ganha importantes prêmios do setor; confira

A paródia erótica brasileira de La Casa de Papel, série da Netflix, intitulada de La Casa de Raquel, ganhou seis premiações no Prêmio Sexy Hot em 2019, considerado o “Oscar” da categoria no país. Entre os troféus conquistados, está um dos principais: Melhor Filme Hétero.

A premiação foi realizada ainda em 2019, em agosto, em São Paulo. Na época, o diretor Fábio Silva contou com orgulho que seu filme era igualzinho ao seriado de sucesso.

“A personagem principal, interpretada por Soraya Carioca, é uma ricaça que tem a casa invadida por marginais e se vê refém deles. Ela faz tudo para se livrar dos caras, mostra os peitos, transa com os homens, com as mulheres, faz oral, anal, sem saber que o que eles querem é um pendrive com um arquivo valiosíssimo. O filme é igualzinho ao primeiro episódio da Casa de Papel, você viu?”, disse em entrevista ao UOL.

Para agradecer pelos prêmios, o diretor foi rápido e direto no microfone: “Não sou de falar muito, só queria dizer que, para chegar aqui, eu vi muita gente se f*dendo!”.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Evaristo Costa descobriu demissão ao ver a CNN em casa

Famosos saem em defesa de Evaristo Costa, demitido da CNN Brasil por telefone