em ,

Psicóloga diz que chamar alguém de nerd deve ser considerado crime de ódio

Quem já gostou de ser chamado de nerd em um sentido mais pejorativo? Para Sonja Falck, professora de psicologia na Universidade de East London, disse ao Good Morning America que ‘geek’ ‘nerd‘ devem ser considerados crimes de ódio se usadas como um insulto.

“Eu acho que algumas pessoas se aproveitam do fato de que indivíduos com QI são um grupo minoritário na sociedade e são muito ignorados. Eles não são compreendidos e geralmente são esquecidos e negligenciados… Todos sabem que alunos de QI elevado são ameaçados nas escolas pelos ‘valentões’. Isso é muito cruel.”

Falck continua, argumentando como a legislação deve encarar esse tipo de insulto com mias severidade:

“Se você olhar para as legislações relacionadas a crimes de ódio, qualquer pessoa insultada por conta de sua condição física ou intelectual está sendo alvo de um crime. Acho que a inteligência é uma característica individual que deve ser respeitada.”

Por outro lado, o matemático Bobby Seagull diz que a medida banalizaria os ‘crimes de ódio reais’ com base na deficiência, raça e gênero.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Esqueceram de Mim | Fãs substituem rosto de Macaulay Culkin pelo de Sylvester Stallone; confira

Donald Trump é cortado de Esqueceram de Mim 2 no Canadá e apoiadores reclamam