» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Muitos foram as adaptações feitas de histórias em quadrinhos para o cinema: X-Men (2000),  Homem-Aranha (2002), Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008) e consequentemente todos os filmes desse vasto universo dos super-heróis que vieram tanto da Marvel como da DC para as telonas.

No ano de 2000, M. Night Shyamalan estava no auge por ter feito o excelente Sexto Sentido com Bruce Willis e então produziu, dirigiu e roteirizou sua nova produção chamada de Corpo Fechado, com o mesmo Bruce Willis no papel de David Dunn e Samuel L. Jackson interpretando Elijah Price.

O filme de pouco mais de uma hora e meia apresenta um homem que trabalha como segurança em um estádio e choca o país por ser o único sobrevivente de um acidente de trem que matou todos que estavam a bordo. O mais impressionante não foi que ele apenas sobreviveu, mas também porque saiu dele sem qualquer tipo de machucado. O médico chega a suspeitar se ele estava mesmo no vagão de passageiros. Todos se questionam como isso pode ter acontecido.

Passada a história de apresentação dos personagens, eis que David Dunn se encontra com Elijah Price que tem uma doença rara apresentada logo de início, seus ossos são de vidro e vive com uma muleta ou em cadeira de rodas. Ele, um dono de galeria de histórias em quadrinhos que são tratadas não apenas como raridade, mas como obras-de-arte chama Dunn para uma conversa.

Nesse encontro Elijah questiona Dunn se ele lembrava da última vez em que ficara doente durante a vida. David não se lembra, faz esforço para recordar, mas não consegue pensar em nada relacionado a se machucar ou de ficar doente.

Com o desenrolar da história descobrimos que o personagem de Bruce Willis além de nunca ter ficado doente também tem o dom de ver o que as pessoas fizeram no passado, principalmente crimes e isso o filme vai apresentando aos poucos. Esses criminosos estão escondidos entre nós, e ele vai até uma estação de trem e começa a visualizar o que essas pessoas fazem e como um bom super-herói vai atrás dessas pessoas para uma fazer justiça. Isso fica claro quando ele vai atrás de um rapaz que cometera um crime cruel. Ele age e salva o dia e como todo herói que tem dupla identidade chega em casa e guarda sua capa de chuva (que seria seu uniforme) no armário. Um ato simbólico, mas que mostra apresenta muito sobre o personagem.

Corpo Fechado não fala de um herói comum e sim de um homem que busca se encontrar, a sua dupla identidade seria um jeito de se achar. Seu casamento não anda bem, seu filho está com problemas no colégio e deseja que seu pai seja um super-homem. Shyamalan mostra David sempre como se tivesse super-poderes. Força sobrenatural na cena do levantamento de peso é a que ele realmente começa a perceber que não é uma pessoa comum, antes ele havia previsto um homem usando uma faca e tentando entrar no estádio.

No início do filme o ritmo é um pouco lento e você talvez não entenda o que ele quer com tudo aquilo, mas com o tempo você percebe que tudo faz sentido. Tudo que é apresentado está lá para desenvolver a história. É uma tramamuito bem trabalhada, pode ser que poucos não gostem por não entender direito ou por mostrar um super-herói sombrio e bastante humano. O filme que mais chega perto ao de corpo fechado talvez seja o novo Logan de Hugh Jackman.

Muito bem dirigido por Shyamalan que é muito criticado por seus filmes seguintes e parece ter voltado com tudo depois de A Visita. A verdade é que as pessoas sempre esperam mais, e como ele surpreendeu em O Sexto Sentido todos vão querer ser surpreendidos cada vez mais e as vezes isso não acontece. Ele é um bom diretor, nesse Corpo Fechado e as tomadas de câmera são ótimas, a todo o momento ela está em movimento como que seguindo os personagens, a fotografia é linda dando um sombrio a história. Corpo Fechado é essencial para entender o cinema e o universo de Shyamalan que é sim um grande diretor e esse é um ótimo filme à altura de outras produções do gênero.

 ATENÇÃO SPOILER: No final de Corpo Fechado o personagem de Samuel L. Jackson vai parar no hospício por ter cometido atentados terroristas a procura de um inumano como ele. No novo Fragmentado, James Mcavoy em cenas pós-créditos é levado para o mesmo hospício em que Elijah está preso. Seria o início de uma sequência? Recentemente ele havia revelado seu desejo em fazer uma continuação de Corpo Fechado e isso seria incrível. Universos que pareciam tão distintos e que na verdade teriam muita ligação entre sim. É torcer e rezar para que isso aconteça.

Corpo Fechado (Unbreakable, EUA – 2000)

Direção: M. Night Shyamalan
Roteiro: M. Night Shyamalan
Elenco: Bruce Willis, Samuel L. Jackson, Robin Wright, Spencer Treat Clark, Michael Kell, Charlayne Woodard
Gênero: História em Quadrinhos, Drama, Mistério, Ficção científica
Duração: 106 minutos.

Comente!