Foi anunciado hoje, 14, que o famoso físico Stephen Hawking morreu aos 76 anos de idade. Ainda não se sabe as causas de sua morte, mas ela foi confirmada por uma fonte confiável da família.

Hawking foi um importante nome para a ciência moderna e realizou inúmeros estudos físicos e cosmológicos, tornando-se um dos nomes mais importantes de sua terra natal, o Reino Unido, e do mundo inteiro. O cientista foi portador da esclerose lateral múltipla, uma rara doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo sem atingir, entretanto, as funções cerebrais – o que o levou a construir um dispositivo semelhante a uma cadeira de rodas e que o permitia se comunicar através de sensores mentais.

Sua vida foi relida para os cinemas em 2015 com o longa-metragem A Teoria de Tudo, protagonizado por Eddie Redmayne no papel de Hawking e por Felicity Jones como sua ex-esposa, Jane. Baseado na biografia assinada por sua ex-mulher, a narrativa gira em torno de sua vida na Universidade de Cambridge e como ele se tornou um dos nomes mais famosos da Ciência moderna, além dos obstáculos que o casal enfrentou com o diagnóstico da doença, incluindo a eventual separação.

Seus três filhos, Lucy, Robert e Tim, declaram oficialmente que “estamos muito entristecidos que nosso amado pai faleceu. Ele foi um grande cientista e um homem extraordinário cujo trabalho e legado serão lembrados por muitos anos”.

Esta matéria está sendo atualizada conforme a divulgação de novas informações.

Comente!