Finalmente um esclarecimento!

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Depois da polêmica envolvendo o sexto episódio da nova sétima temporada de Game of Thrones, Beyond The Wall, muitos dos espectadores apontaram uma grande implausibilidade envolvendo o tempo em que os acontecimentos que se sucederam ao longo do episódio, devido a extensão de um ponto a outro no qual os personagens se encontravam. Trocando em miúdos núcleos: os roteiristas teriam manipulado o tempo de acordo com a conveniência da trama de forma bem clichê.

Mas em uma entrevista a Variety, o diretor do episódio, Alan Taylor, comentou sobre a questão e problemática do tempo presente no episódio.

“Nós estamos cientes de que o tempo ficou um pouco confuso”, disse Taylor. “Nós temos Gendry correndo de volta, corvos voando a uma certa distância, dragões voando a uma certa distância… em termos de experiência emocional [para Jon e os outros] foi como se tivesse passado uma noite de escuridão na ilha em termos de narrativa. Nós tentamos confundir um pouco usando o crepúsculo eterno daquela parte ao norte da Muralha. Eu acho que houve um esforço para não deixar claro exatamente quanto tempo se passou. Acredito que funcionou para algumas pessoas e para outras não. Elas parecem bastante preocupados sobre como quão rápido um corvo pode voar, mas há uma coisa chamada de impossibilidades plausíveis, que é o que você tenta obter ao invés de possibilidades implausíveis. Então eu acho que nós forçamos um pouco na plausibilidade, mas eu espero que o momento da história levem até essas coisas. É legal que a série seja tão importante para tantas pessoas que elas se tornem tão minuciosas. Se a série estivesse com problemas, eu estaria preocupado com essas questões, mas a série está indo muito bem, então ok se as pessoas estão com essas preocupações.”

O que ele quis dizer muito com isso é que no norte os dias de inverno parecem não ter distinção entre dia e noite, e que Jon Snow e os outros estiveram bem mais tempo na ilha em meio ao lago gelado do que a edição do episódio deu a entender, então não teria se passado exatamente apenas algumas horas, mas alguns dias.

Até que faz certo sentido na possível plausibilidade que as ações que acontecem no universo da série possam acontecer. Mas é como Taylor disse, alguns vão comprar isso e outros apenas continuar reclamando sobre.

Comente!