A série 13 Reasons Why apenas aumentou a discussão sobre um tema muito discutido nos dias de hoje que é o do bullying nas escolas. Muitos filmes já debateram essa prática, mostrando como ela é maléfica para o indivíduo que a sofre e como pode ter desdobramentos piores causando geralmente consequências negativas. O termo bullying é usado apenas na escola, por isso a maioria dos filmes tem como cenário um colégio ou faculdade. 

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

10. Quase Um Segredo (2004)

Em Quase Um Segredo o bullying não é algo presente nem é tratado de forma direta, ele está lá para movimentar a história. Dois irmãos decidem se vingar de um garoto que prática bullying contra um deles no colégio. O plano é levá-lo para uma viagem a fim de o humilhar na frente de todos. A ideia é boa e  não se prendem na ideia de querer dizer o porque o garoto fazia os abusos contra os colegas e sim apenas em contar a história trágica. 

9. Bang, Bang! Você Morreu! (2002)

É uma produção que trabalha bem a ideia do bullying e de que há sempre uma saída para evitar decisões equivocadas por parte de quem o sofre. Um garoto que ameaça explodir o time de futebol americano por causa do bullying e ganha um papel de destaque em uma peça de teatro que fala justamente sobre assassinatos. Há todo um drama construído que trabalha bem como uma pessoa que passa por tal trauma consegue dar a volta por cima. 

8. Bully – Juventude Violenta (2001)

O tema de Bully é o da vingança contra quem prática o ato. Em Bully um grupo de garotos mata um colega por ele fazer bullying a todo instante com eles. Segue-se a isso a discussão na cidade se o garoto merecia ou não morrer. Inspirado em fatos reais, Bully é dirigido por Larry Clark, diretor acostumado a trabalhar dramas juvenis. 

7. Carrie, A Estranha (1976)

Stephen King é um mestre em criar tramas macabras e muitas vezes com mensagens que sirvam para a reflexão de quem assiste. Em Carrie o bullying está bastante presente, a garota é humilhada pelas colegas de classe até que chega ao ápice do balde de sangue em sua cabeça no dia da formatura. A ideia do longa é fazer um filme de terror que passe algo a mais que é o da perseguição constante que a garota sofre até chegar ao seu limite. 

6. Bullying – Provocações Sem Limites (2009)

Bullying é outra produção que retrata bem os abusos nas escolas. A violência apresentada nele passa dos limites, começa com abuso verbal até se transformar em algo mais forte e os abusos físicos começam a se tornar algo constante na vida do protagonista. O garoto é vítima de todos esses atos pelos colegas de classe e sempre nega ajuda por ter vergonha do que está acontecendo com ele. É uma produção que se sustenta em cima dos abusos deixando a história a desejar, mas serve como um estudo de como tal prática ocorre nos colégios. 

5. Depois de Lúcia (2012)

Alejandra é uma garota que acaba de se mudar para o novo colégio. De início nada acontece até que um vídeo é feito sem sua autorização e ela passa a sofrer sucessivas humilhações físicas e morais, e tais atos vão ficando cada vez pior com o tempo. O filme aborda bem o tema e mostra como a garota vai ficando pior mentalmente a cada dia que sofre os abusos. É obrigatório para quem quiser saber mais sobre o tema. 

4. The Class (2007)

Klass ou também conhecido como The Class nem chegou a sair no Brasil em dvd, mas deveria. É outro longa que trata de forma cruel o bullying nas escolas, mas aqui o negócio é mais pesado. A violência física está presente em grande parte do filme, tapinhas que se tornam agressões mais pesadas com o tempo. É uma ótima história, mostra como a escola é ultrapassada e o ambiente de degradação traz ainda um aspecto a mais como o cenário das maldades proporcionada pelos alunos.

3. O Extraordinário (2017)

Sucesso de bilheteria e com notas bastante positivas pela crítica especializada O Extraordinário só veio a ressaltar uma tendência entre os estúdios, que é o de mostrar histórias sobre o bullying e como ele pode ser superado e que deve ser discutido tanto entre pais como nas escolas. O garoto que o protagoniza passa por diversas cirurgias quando criança e isso causa uma mudança em seu rosto. Desde o primeiro dia na escola começa a sofrer exclusão de outros colegas, ganha apelidos maldosos e sofre bastante por isso. Difícil não se emocionar com essa trama tão inteligente e realista. 

2. Deixa Ela Entrar (2008)

Produção sueca foi um sucesso comercial e de críticas, tanto que ganhou um remake americano (Deixe-me Entrar), mas sem o mesmo apelo do original. A trama gira em torno de Oskar e Eli, que é uma garota vampira e encontra em Oskar um companheiro que não tem. Parece ser apenas um filme sobre uma vampira, mas ele é muito mais profundo que isso. Trata de vários assuntos, juventude, descoberta do amor e do corpo, além de abordar o bullying, não de forma nítida, mas ele está ali presente, tanto que uma das cenas mais pesadas do filme em que Eli participa vem de algo que desde o início presenciamos. Oskar sofre na mão dos colegas, mas quando a trama apresenta a vampira acabamos por perder o foco sobre o bullying que o garoto sofre. 

1.  Elefante (2003)

Este longa está na lista por tratar do bullying por outro ponto de vista. Alguns atos mostrados em Elefante aparentemente parecem não estar associados com a história do filme, mas tem a ver sim. Perto do final acontece um ato envolvendo dois garotos que entram armados e isso está relacionado ao bullying. Até mesmo o nome do filme dá uma dica de que abusos ocorriam no local. A expressão elefante seria algo que está no lugar (no caso na escola) incomodando, mas que mesmo assim ninguém repara, mesmo o problema sendo grande. Produção foi vencedora da Palma de Ouro em Cannes. 

Comente!