O Senhor dos Anéis foi um marco no gênero de fantasia ao levar para o cinema a obra adaptada de J. R. R. Tolkien e nos inserir a um ambiente até então não tão desenvolvido como o encontrado com a Terra Média e seus inúmeros desafios. Acompanhamos a jornada de Frodo e a Sociedade do Anel para levar o anel para até completa destruição. Muitos foram os perigos encontrados durante o percalço e muitos foram os inimigos poderosos enfrentados. Um dos vilões de maior destaque na saga são os Nazgûl, nove homens que se transformam em espectros ao serem atingidos pelo poder do Um Anel e se tornarem os mais poderosos cavaleiros de Sauron.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Como o Espectro do Anel Não Conseguiu Farejar o Anel

No filme O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel podemos acompanhar durante a jornada dos Hobbits uma das muitas investidas dos Nazgûl contra os pequeninos. A cena em que Frodo, Sam, Merry e Pippin estão na floresta e se escondem embaixo de um tronco sendo farejados pelo espectro estando a poucos centímetros de distância é no mínimo estranho, pois o Nazgûl nada fareja e nem percebe o anel, o mais ilógico da situação é que Merry consegue criar uma distração boba e então consegue assustar a criatura. A pergunta que fica é como um ser tão poderoso se distraí com algo tão pequeno como um barulho qualquer feito na floresta? Isso não é explicado por Peter Jackson, que provavelmente fez isso para trabalhar a tensão na cena e mostrar que os Hobbits estão em um perigo constante sendo perseguidos pelos Nazgûl. 

Seu Medo Pelo Fogo

Os Nazgûl terem medo de água é algo bastante natural se levado em conta que a água é um sinal de pureza e eles sendo inimigos que simbolizam o mal não a suportam. O que pouco se entende é seu medo pelo fogo, já que o reduto de Sauron fica na Montanha da perdição (ou Orodruin) um local com um grande vulcão, portanto, o fogo seria algo aceitável para eles. E também não dá para entender como um ser tão poderoso pode ter medo de dois elementos naturais, ter medo de água é até normal já que é um sinal de purificação, mas medo do fogo é realmente de se estranhar. Podemos ver isso na cena em que Aragorn enfrenta cinco Nazgûl e os espanta com uma tocha.

Como Eowyn Conseguiu Matar o Rei-Bruxo?

O Rei-Bruxo de Angmar é o ser mais poderoso entre os espectros e sucumbiu ao lutar contra Merry e Eowyn. Há muitas teorias que tentam explicar como os dois conseguiram matá-lo. Uma delas é a de que Eowyn, por ser mulher teria esse poder já que os escritos dizem que ele não poderia ser morto por nenhum homem. Outra teoria diz que a espada que Merry encontrou nas Colinas dos Túmulos estaria enfeitiçada e por isso teria poder suficiente para tirar a magia do Rei-Bruxo e o deixar vulnerável, permitindo que o Eowyn o matasse. A única questão nisso tudo é que no filme Peter Jackson não explica nada disso e nos deixa a dúvida de como o Rei-Bruxo teria sido derrotado com tanta facilidade. 

Onde Os Nazgûl Estavam Durante a Segunda Idade?

Logo no início de A Sociedade do Anel podemos ver rapidamente uma menção A Guerra da Última Aliança, fato que ocorreu na Segunda Era. Com duração de 3000 anos, a Segunda Era teve momentos importantes para a Terra Média como a criação do Anel, o surgimento e ascensão de Sauron e marcando o fim do período o confronto entre o exército de Sauron contra toda a Terra Média. Só com a aliança entre Homens e Elfos que essa batalha terminou. Só que os Nazgûl nunca foram contatados nesse tempo e tendo Sauron com o seu poder no auge é de se estranhar que os Nazgûl não estivessem presentes, já que eram servos dele. As bestas que os Nazgûl cavalgam seriam bastante importantes na batalha principal.

Por Que Bilbo ao Colocar o Anel Não Chamou a Atenção dos Nazgûl?

Levando em conta a cronologia criada por Peter Jackson entre O Hobbit e a trilogia Senhor dos Anéis há uma diferença de 60 anos passados desde que Bilbo encontrou o Um Anel até o início da saga com Frodo e a Sociedade do Anel. Acontece que durante esse período de 60 anos os Nazgûl estavam na ativa, isso se pensar que Galadriel e Gandalf enfrentaram os espectros na Batalha dos Cinco Exércitos. Há um grande problema de roteiro nisso tudo que não dá liga. Nesse período Bilbo usou o anel em seu dedo algumas vezes e isso não provocou os Nazgûl em nenhum momento. Algo diferente do que ocorre nos livros, já que não há um foco na busca de Gandalf pelo anel como ocorreu nos filmes. 

 

Por Qual Razão Os Nazgûl Usaram Tão Pouco a Lâmina de Morgul?

Outro fato de se estranhar na trilogia do anel é o porque dos espectros usarem tão poucos suas lâminas letais. Essas armas tinham o poder – ao ferir alguém – de transformar quem fosse tocado em um espectro igual aos Nazgûl. Em apenas um momento as usam para causar algum dano e isso ocorre na batalha do Topo do Vento, quando o Rei-Bruxo apunhala Frodo e Aragorn aparece citando o poder da lâmina Morgul. Se os espectros usasse seu poder com mais frequência teriam ganhado um exército gigantesco.

Como o Rei Bruxo Conseguiu Quebrar O Cajado de Gandalf?

Esta é uma cena que aparece apenas na versão estendida de O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, portanto, só é de conhecimento de quem assistiu a esta versão. Nela acompanhamos a batalha nas Minas Tirith, em que Gandalf já como Mago Branco enfrenta o Nazgûl. Em um duelo rápido o Rei-Bruxo consegue destruir com facilidade o cajado de Gandalf usando sua espada flamejante. O estranho disso não é apenas o fato do espectro quebrar facilmente o cajado, mas também o de derrotar Gandalf sem que ele conseguisse desferir alguns golpes no Rei-Bruxo. Durante toda a saga presenciamos o Mago Branco lutando contra grandes adversários com muita maestria.

O que Aconteceu Com Sua Magia?

Não é de conhecimento que os Nazgûl eram magos, mas é mencionado em alguns momentos – antes de se tornarem espectros – que tinham uma certa habilidade com magia, provavelmente estavam aprendendo a manejar a magia negra de Sauron, portanto seriam magos não no mesmo nível Gandalf ou Saruman. Só que nos filmes quase nunca presenciamos o uso de magia pelos Nazgûl, tirando o fato de terem conseguido quebrar o cajado de Gandalf, fora isso nem a usam para conseguir encontrar o anel que está com Frodo. Os Nazgûl quase sempre eram enganados, como vimos isso acontecer diversas vezes em várias fases da história. 

Comente!