Em 2017, uma “caça às bruxas” explodiu em Hollywood, alcançando alguns dos nomes mais poderosos da indústria do entretenimento. Um deles, Harvey Weinstein, ex-dono da The Weinstein Company, foi acusado por mais de cinquenta casos de abuso sexual e perdeu o emprego e toda a credibilidade, além de premeditar o colapso de sua companhia.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Com isso, Stephen King, um dos maiores autores de todos os tempos, aproveitou a oportunidade para provar que havia sim readquirido os direitos de O Nevoeiro, livro lançado em 1980 e adaptado para os cinemas em 2004. Ao que se sabe, os direitos autorais eram propriedade da Dimension Films, uma das divisões da empresa supracitada, e foram repassadas para a Lantern Capital Partners após os eventos em questão.

Entretanto, King entrou com uma ação para mostrar que reouvera as propriedades. De acordo com os registros da própria corte, “os advogados de [Stephen King] informaram que a empresa responsável pelos contratos não tina intenção de renovar os direitos de O Nevoeiro 1408“. A partir disso, seus advogados declararam que o romancista é o novo e único detentor de suas próprias obras.

Recentemente, outros livros de King foram adaptados para o cinema e para as plataformas de streaming, incluindo It – A Coisa1922A Torre NegraJogo Perigoso. A segunda parte de It tem estreia marcada para 2019.

Comente!