em ,

As bizarras aparições no Hotel Stanley, inspiração de ‘O Iluminado’

Os cinéfilos de plantão devem se recordar do temido Hotel Overlook, uma gigantesca construção de férias palco de uma das maiores histórias de suspense de todos os tempos, O Iluminado, assinado por Stephen King e imortalizado com sua versão para os cinemas nas mãos de Stanley Kubrick. Entretanto, o que poucos podem saber é que o cenário foi inspirado em um exílio de férias real

O Hotel Stanley, aberto originalmente em 1909 pelo casal F.O. Flora Stanley, foi erguido como um resort isolado no meio das montanhas. Apesar dos Stanley já terem morrido há bastante tempo, algumas pessoas acreditam piamente que eles na verdade nunca deram adeus. Certos olhos amedrontados já afirmaram terem visto o hoteleiro assombrando os funcionários de uma mesa de recepção, e a matriarca pode ser ouvida tocando o piano na sala de música.

Inúmeros eventos sobrenaturais já foram presenciados no hotel, localizado em Estes Park, Colorado – e isso desde 1911, quando uma camareira chamada Elizabeth Wilson foi eletrocutada durante uma tempestade de raios. Apesar de não ter morrido, o quarto onde isso aconteceu, a suíte 217, tornou-se um antro de atividades paranormais.

Hoje, Stanley é considerado um dos lugares mais assustadores dos Estados Unidos.

Ao longo dos anos, cada cômodo presenciou algo estranho, desde roupas sendo misteriosamente guardadas até objetos se movendo por conta própria – e a famosa cena das luzes acendendo e apagando sozinhas. O quarto andar normalmente é perscrutado por uma risada espectral de crianças correndo de um lado para o outro. Porém, a equipe do Stanley é bastante rápida em sempre responder que “nunca houve nenhum indício de maldade aqui, porque os fantasmas do Hotel Stanley são felizes”.

De acordo com o site ABC News, King se hospedou no hotel em 1973 por uma noite, acompanhado de sua mulher, Tabitha. Fortuitamente, só havia convidados no resort naquela noite. O escritor não estava convencido de que estavam realmente sozinhos. “À medida que vagava pelos corredores vazios do hotel, ele encontrou fontes de inspiração que podem parecer familiar aos fãs. Boatos dizem até mesmo que ele se encontrou com fantasmas de crianças”, dizia a reportagem.

E mais: por cinquenta dólares, qualquer um pode fazer parte da caçada fantasma no hotel, liderada por um investigador paranormal que inclusive ensina a usar os complexos equipamentos. E como se não bastasse, as instalações contam sua própria psíquica, Madame Vera.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Thiago Nolla

Thiago Nolla faz um pouco de tudo: é ator, escritor, dançarino e faz audiovisual por ter uma paixão indescritível pela arte. É um inveterado fã de contos de fadas e histórias de suspense e tem como maiores inspirações a estética expressionista de Fritz Lang e a narrativa dinâmica de Aaron Sorkin. Um de seus maiores sonhos é interpretar o Gênio da Lâmpada de Aladdin no musical da Broadway.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Xiaomi força usuários de suas TVs a assistir propagandas ao mudar a entrada HDMI

Renato Aragão participará de A Praça É Nossa