» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

E chegamos ao final.

A primeira temporada da série original chegou ao seu fim. Bem, pelo menos só os capítulos da temporada mesmo, pois a trama ainda continuará na próxima temporada. Mas eu digo com toda certeza que este episódio foi tão bom quanto os capítulos anteriores tem sido durante essa primeira temporada, ainda mais tendo várias cenas que se aproximam de uma grandeza nunca vista antes em séries televisivas da editora.

Mas também admito que esse episódio tem alguns momentos que nos fazem questionar a sua qualidade, momentos que realmente não fazem nenhum favor a ao episódio. E Infelizmente, o final dessa primeira temporada era algo que eu realmente não esperava, já que ela deixou em aberto inúmeras coisas abordadas anteriormente. Mas no final, olhando para o todo, felizmente o saldo é positivo.

O objetivo deste episódio foi claramente homenagear uma famosa história em quadrinhos dos Novos Titãs, O Terror de Trigon, que também apresentava um capítulo em que os Titãs eram atormentados por visões sombrias causadas pelo infame Trigon, que aqui na série é interpretado por Seamus Dever.

Em geral, há um legado bastante forte nas histórias da DC Comics lidando com essa noção de um herói sendo tentado por uma visão do que sua vida poderia ter sido. E a premissa aqui, é basicamente essa. Dick Grayson (Brenton Thwaites) é apresentado tendo um gostinho da vida feliz que poderia ter se deixasse tudo relacionado há super-heróis para trás. Algo que já estava em sua mente desde o primeiro episódio, mas que ele nunca conseguiu deixar de lado.

Entretanto, o real foco principal deste episódio envolve o relacionamento desgastado entre Grayson e Bruce Wayne, interpretado por Alain Moussi. E é aqui onde o episódio realmente se destaca. Nós basicamente vemos o que aconteceria em um cenário onde o Batman não teria mais Robin ou Alfred para mantê-lo são e então todo o seu lado obscuro e furioso sai do fundo do poço. Vendo assim o herói se tornar um assassino em massa e até instaurar uma guerra contra todo o departamento de polícia de Gotham City. Sendo este também outro lembrete firme do por que Dick precisava se afastar da cidade e do Batman para ter sua própria vida.

Em relação ao icônico cavaleiro das trevas, é surpreendente como eles não fazem questão em tratar o Batman como um personagem real e tangível. Já que aqui eles usam dublês e truques de câmera para mostrar o vigilante no capitulo, até mesmo quando eles está simplesmente mostrando Bruce observando Dick de longe isso é usado. Mas bem, por se tratar de uma alucinação causada por um demônio, não era realmente necessário mostrar o morcego de outra forma.

O diretor do episódio, Glen Winter, faz um bom trabalho para manter o Batman fora de foco ou encoberto pela escuridão, assim dando um ar mais aterrorizador ao personagem também. Entretanto, a interação entre Dick e Bruce é minada pelo fato do Bruce não ter linhas reais de diálogo durante todo o episódio.

Aliás, a chegada do Grayson em Gotham City parece algo saído diretamente da era de ouro. A trilha sonora ainda ajuda bastante a definir o clima, e Gotham aqui parece algo saído completamente de filmes como RoboCop e até mesmo da icônica história em Quadrinhos, O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller.

O 11º e último capítulo da primeira temporada de Titans encerra o primeiro ano do show de uma forma um tanto desagradável por não trazer literalmente um final para ela. Mas no fim mostrou que o Dick Grayson é realmente é igual ao Bruce Wayne. Basta apenas um empurrãozinho e ele surta, encerrando assim, de uma forma bem digna, todo o mistério envolto no personagem durante o show. O episódio pode falhar como um final de uma temporada, mas felizmente funciona bastante em muitas outras áreas. 

Obs: Tem uma cena pós-créditos no episódio que é literalmente super especial, não deixe de conferir ela.

Titans – 01×11: Dick Grayson (Idem, 2018 – EUA)

Criado por: Greg Berlanti, Akiva Goldsman, Geoff Johns
Direção: Glen Winter
Roteiro: Richard Hatem
Elenco: Brenton Thwaites, Anna Diop, Teagan Croft, Ryan Potter, Rachel Nichols, Seamus Deaver, Curran Walters, Minka Kelly, Alan Ritchson
Emissora: DC Universe
Gênero:  Ação, Aventura
Duração: 40 minutos

Comente!