Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, revelou em uma entrevista para o site Eurogamer que o jogo pode potencialmente aparecer no Nintendo Switch, e que sua equipe está trabalhando para isso.

Perguntado sobre qual versão seria seria portada – a  pocket, anunciada para mobile e dividida em 10 partes, ou a versão completa dos consoles – Tabata afirmou que seria a versão originalmente lançada para PS4 e Xbox One que estava sendo testada para o Switch, “Atualmente estamos concluindo esses testes e descobrimos onde está a base da tecnologia. Estamos no meio da discussão e debate sobre o que devemos fazer, e como colocar isso no Switch”.

Tabata também afirmou que, apesar dos esforços, ainda não é possível prever se a versão realmente vai sair, pois dependerá muito dos resultados e da otimização da tecnologia no console. O diretor revelou que testes já tinham sido feitos com a engine e tecnologia usadas nos outros consoles e o resultado não tinha sido satisfatório. 

“Isso não significa que seja o fim disso. Estamos olhando as opções, como a personalização da engine. Para te dar um exemplo de quão aberto essas discussões são, estamos falando com a Epic [Games] no momento sobre o que podemos fazer no console, e se fizéssemos uma versão Switch, talvez possamos ser parceiros. A Unreal [Engine] é simplesmente incrível, e seria muito útil. Você deve ter todas essas opções na mesa, sem isso seria impossível tomar uma decisão sobre o que podemos fazer na plataforma.”

Com as diversas versões de Final Fantasy XV sendo anunciadas recentemente – contando com a mencionada mobile, por exemplo – é bem possível que o jogo possa ser lançado em uma versão adaptada para o Switch, talvez com um downgrade nos gráficos ou algum outro comprometimento técnico.

Você jogaria Final Fantasy XV no Nintendo Switch? Comente abaixo!