em

Harvey Weinstein | Matt Damon e Russel Crowe impediram matéria de expor produtor em 2004, segundo jornalista

Com o escândalo envolvendo o produtor Harvey Weinstein por conta de um artigo do The New York Times na semana passada, expondo décadas de abuso sexual em atrizes e colegas de trabalho, levando assim a demissão de Harvey de sua empresa, a The Weinstein Company, histórias de antecedentes do escândalo começam a gradualmente aparecer. A história é do site IndieWire.

Agora foi a vez da jornalista Sharon Waxman, do site TheWrap, que revelou ter provas de possíveis abusos sexuais por conta do produtor em 2004. Porém, ela foi impedida de prosseguir com a investigação devido a pressão feita por diversos membros da indústria, os mais famosos sendo Matt Damon e Russel Crowe, que ligaram para a jornalista para pedir que ela parasse de investigar o caso.

Damon e Crowe já tinham trabalhado diversas vezes com Weinstein em filmes como O Talentoso Ripley e Mestre dos Mares. Os dois atores não se manifestaram sobre as acusações.

Weinstein era conhecido por ser um grande facilitador de produções, sendo muito influente em conseguir financiar produções pequenas e filmes independentes.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Rodrigo Ribeiro

Jornalista e aficionado por games e cultura pop. Acredita que os games podem ser considerados uma forma de Arte e que o mundo seria um lugar melhor se as pessoas parassem de brigar na internet e voltassem a jogar seus queridos videogames.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Análise | Cuphead – As difíceis consequências do pacto com o Diabo

Dragon Ball FighterZ | Desenvolvedores revelam 7 referências do jogo ao anime e filmes da franquia