em , ,

James Gunn Responde Comentários de Jodie Foster sobre o Cinema Atual

Em entrevista para a Radio Times, via Telegraph, Jodie Foster, que recentemente dirigiu um dos episódios da quarta temporada de Black Mirror, comentou sobre o cinema e como os recentes blockbusters (filmes de super-herói inclusos) tem impactado a indústria:

“Ir ao cinema se tornou como um parque de diversões” – disse a atriz/ diretora para a revista  Radio Times. “Estúdios produzindo conteúdo ruim a fim de apelar para as massas e acionistas é como extração de petróleo – você tem o melhor retorno agora, mas você acaba destruindo a Terra. Isso está arruinando os hábitos cinematográficos da população americana e, consequentemente, do resto do mundo. Não quero fazer um filme de US$ 200 milhões sobre super-heróis.”

Curiosamente, quando perguntada se ela faria um filme sobre super-heróis, ela respondeu que pensaria sobre, mas somente se eles fossem “realmente psicologicamente complexos”.

James Gunn, que dirigiu os dois filmes dos Guardiões da Galáxia, não perdeu tempo e logo respondeu a atriz nas mídias sociais:

“Acredito que Foster olha para o cinema de uma maneira antiquada, como se o filme espetáculo não pudesse provocar reflexões. Muitas vezes isso é verdade, mas não sempre. Sua crença é bastante comum e não é totalmente sem base. Digo que não é sem base porque a maioria das franquias de filmes de estúdio são bem vazios – isso é um real perigo para o futuro do cinema. Mas existem algumas exceções.”

O diretor acrescentou:

“Para o cinema sobreviver, acredito que filmes espetáculo PRECISAM ter a visão e coração que eles tradicionalmente não tem. Alguns de nós estamos fazendo nosso melhor para mover nessa direção. Criar filmes espetáculo inovativos, humanos e que incitam a reflexão é o que me deixa entusiasmado nesse trabalho.”

Por fim, Gunn disse:

“Mas, para ser justo, pelo menos pelas citações a Foster, ela parece enxergar a produção cinematográfica como algo que é primariamente sobre seu crescimento pessoal. Para mim, isso pode ser parte do motivo pelo qual eu faço isso, mas gastar milhões de dólares em um filme tem de ser mais do que isso – é comunicação – então minha experiência é meramente um detalhe nessa roda. Mas respeito Foster e o que ela fez pelo Cinema e respeito sua visão diferenciada sobre o cenário atual de Hollywood”

De toda forma, o que ambos parecem que querem dizer é que os filmes precisam ter conteúdo, independente de qual gênero fazem parte e, de fato, não há como discordar. A grande questão é o que cada um, de fato, considera como relevante dentre desses filmes.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Guilherme Coral

Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Han Solo: Uma História Star Wars | Ron Howard divulga nova foto dos bastidores

Black Mirror | Diretor gostaria de fazer uma série derivada de USS Callister