Há poucos dias foi anunciado que Light Yagami e Ryuk não seriam personagens jogáveis em Jump Force, game que une diversos personagens de anime. Agora, o produtor Koji Nakajima afirmou, em entrevista ao Bahamut (via Siliconera), que “se ele escreve nomes no Death Note, as pessoas morrem, certo? Ele seria forte demais”. 

Realmente faz sentido, considerando que quem não encosta no Death Note não pode nem ver o shinigami, além disso, mesmo podendo enxergá-lo, qualquer um simplesmente atravessaria a criatura, sem poder encostar nela. O próprio mangá deixa bem claro que a única maneira de se matar um deus da morte é fazendo ele estender a vida de algum humano.

“A história de fundo é que o mundo real e o de Jump estão juntando-se por razões desconhecidas, e os heróis precisam impedir que isso aconteça. Os personagens de Death Note tem a ver com o acontecimento, que também significa que eles aparecerão na história.”

Nakajima complementou:

“A história se passa em Nova York, então inserir personagens de mangás de esportes pode ser um pouco difícil… são basicamente personagens de luta. Eu garanto que o game terá personagens que surpreenderão todo mundo.”

Jump Force será lançado para PlayStation 4, Xbox One e PC em 2019.