Quando Sauron foi derrotado pela união entre os povos da Terra-Media, ele não havia abandonado completamente o mundo. Seu espírito continuou a existir e, ao longo de muitos anos, ele conseguiu fortalecer-se até que pudesse novamente retomar sua busca para governar a Terra-média e recuperar o Um Anel. Na época de O Senhor dos Anéis, seu poder havia se manifestado em um olho flamejante sobre sua fortaleza de Barad-dûr em Mordor, após ele ter sido expulso de sua antiga fortaleza em Dol Guldur.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Com isso, já dá para ter uma ideia do que Sauron fez entre os eventos de O Hobbit e O Senhor dos anéis. Assim, listamos aqui cinco coisas que Sauron realizou durante esse período,

DESPERTOU A MONTANHA DA PERDIÇÃO

De todos os locais existentes neste brilhantíssimo universo criado por Tolkien, certamente a Montanha da Perdição é o mais importante de todos. Ela também é conhecida como Orodruin, a montanha é praticamente um vulcão localizado em Mordor. Sauron usou suas chamas para forjar o Um Anel, e foram nestas mesmas chamas onde o anel encontrou o seu fim. Sauron escolheu residir em Mordor por causa dessa montanha, já que ele tinha uma relação especial com ele. O vulcão aparentemente ficou adormecido quando Sauron deixou Mordor e entrou em erupção depois que ele retornou ao local.

ELE FOI EXPULSO DE DOL GULDUR

Antes de retornar e se fixar permanentemente em Barad-dûr (a Torre Negra) em Mordor, a principal fortaleza de Sauron ficava em Dol Guldur, que era localizada no limite da floresta de Mirkwood. Aproximadamente 2000 anos antes dos eventos de O Hobbit, Sauron retornou a Dol Guldur, onde lentamente recuperou sua força depois de ser derrotado por Elendil e pelo Rei Elfo Gil-galad. Entretando, Gandalf descobriu isso durante os eventos de O Hobbit e com isso cavalgou até até Dol Guldur, junto com o conselho para expulsarem Sauron de la. Ele acabou sendo expulso e retornou a Mordor, onde já estava planejando suas tramas.

RETORNOU EM SEGREDO PARA MORDOR

Quando Sauron foi expulso de Dul Guldur por Gandalf e pelo Conselho, ele fugiu para Mordor, a terra que ele governou por milhares de anos antes e também fora o lugar onde ele forjou o Um Anel. Sauron chegou em Mordor em 2942 da Terceira Era, quando Bilbo iniciou suas aventuras com os anões. No entanto, Sauron planejou secretamente seu retorno por algum tempo. Seus nove servos, os Nazgûl, haviam reivindicado as Minas Morgul à beira de Mordor muitos anos antes. Através dos Nazgûl, Sauron governou Mordor remotamente de sua fortaleza em Dul Guldur, garantindo que tudo estaria pronto para o seu retorno. Os Nazgûl também estavam ocupados enfraquecendo as forças de Gondor, o que tornou a viagem de Sauron a mais tranquila possível.

ELE RETOMOU O SEU REGIME DE TERROR NA TERRA-MEDIA

Durante os sessenta anos entre O Hobbit e O Senhor dos Anéis, Sauron estava ocupado recuperando suas forças e construindo um exército. Ele recrutou homens, ele também criou orcs, trolls e outras bestas para completarem o exército. O objetivo de Sauron era continuar o que ele havia começado há muito tempo. Destruir os remanescentes dos Númenorianos em Gondor e dos Eldar (elfos) e conquistar a Terra-média.

poderes habilidades sauron

RECONSTRUIU A TORRE NEGRA

Barad-dûr, também conhecida como a Torre Negra, era a principal fortaleza de Sauron em Mordor. Construída no Planalto de Gorgoroth, a cerca de 48 quilômetros a leste da Montanha da Perdição, a torre de Sauron era poderosíssima. Suas fundações foram feitas com o poder do Um Anel e quando a torre foi nivelada após a derrota de Sauron no final da Segunda Era, as fundações provaram ser indestrutíveis. Sauron começou a reconstruir a torre em 2951 na Terceira Era, cerca de dez anos depois de ter sido expulso de Dol Guldur durante os eventos de O Hobbit. Demorou apenas dois anos para completar a reconstrução e a Torre Negra, que foi concluída em 2953. Esta foi a base de todas as suas atividades subsequentes até sua derrota final em 3019.

Comente!