em ,

FofoFofo

Lista | As 5 principais regras Sith

Assim como os Jedi, A Ordem Sith possui inúmeras regras, e elas precisam ser seguidas a fim para que não ocorra nenhum desvirtuação dos membros e claro, para evitar quaisquer falhas em seus objetivos. Mas existem certas regras em especial que sempre são seguidas e que tornam os Sith bem únicos e diferentes

Com isso, listamos as cinco regras mais seguidas pela ordem Sith, confira:

SÓ PODERÁ EXISTIR DOIS SITHS

A Regra dos dois Siths talvez seja a lei mais famosa deles. Há anos foi decretada a regra que só pode haver dois Lordes Sith, um Mestre e um Aprendiz. Yoda mesmo fez está observou em Star Wars: A Ameaça Fantasma, após a descoberta de Darth Maul, o primeiro Sith visto por qualquer Jedi em milênios. Darth Bane estabeleceu a Regra dos Dois depois que os Sith foram quase exterminados durante sua primeira guerra com os Jedi. Darth Bane percebeu que os Sith falharam porque seus membros eram incapazes de trabalhar juntos, sendo mais focados no poder individual do que com os objetivos da Ordem Sith.

PROIBIDA QUALQUER FORMA DE CARIDADE

Os Sith, opondo-se a todos os valores Jedi, não encorajaram o altruísmo em qualquer forma que seja. E de fato, eles proibiram qualquer tipo de caridade. As razões para isso foram além da simples contrariedade. Como a lorde Sith Darth Traya disse certa vez: “Se você procura ajudar a todos que sofrem na galáxia, você só vai enfraquecer a si mesmo … e enfraquecê-los também”. Os ensinamentos dos Sith exigem que os fortes provem sua força tirando dos mais fracos. Fazer o contrário é considerando lutar contra a ordem natural.

NÃO PODE HAVER NENHUM TIPO DE AMOR

O Código dos Sith foi projetado para ser uma completa oposição ao Código Jedi. Os Sith são feitos para serem guiado por suas emoções, enquanto os Jedi foram feitos para viver uma vida livre de influências emocionais. Ironicamente, um dos poucos preceitos que entram em consenso nas duas ordens era que o amor deveria ser evitado. Os Sith tinham razões diferentes para essa proibição do que os Jedi, obviamente. Os Sith sentiram que o amor encorajava a fraqueza e poderiam desvirtuar um lorde Sith do caminho das trevas, por isso baniram.

CONTROLE DE SUAS EMOÇÕES

A filosofia dos Sith foi construída em torno de emoções. Sua crença central era que as emoções eram tão parte do mundo natural quanto a Força e que a exigência do Código Jedi de que os Jedi se desligassem da emoção não era natural. Para esse fim, os Sith ensinaram aos seus acólitos como aproveitar suas emoções para aumentar seu comando da Força. Ao mesmo tempo, os preceitos do Código dos Sith exigiam que o Lorde Sith também exercesse o controle de si mesmos e de suas emoções. Essas regras contraditórias alimentaram ainda mais a dificuldade do Sith em combinar os Jedi. Dada a dependência do lado negro de emoções fortes, os ensinamentos dos Sith falharam em preparar adequadamente a maioria de seus adeptos para aproveitar suas emoções enquanto ainda estimulavam uma atitude de autocontrole.

SEMPRE AGIR NAS SOMBRAS

Um dos poucos pontos que Darth Bane e Darth Krayt concordaram foi que os Sith deveriam evitar fazer sua presença conhecida sempre que possível. No caso de Darth Bane, isso era uma necessidade, pois ele tinha visto a Ordem Sith ser praticamente destruída após anos de batalha contra os Jedi. Ele sabia que qualquer chance de uma eventual vitória estava no uso de furtividade.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Ayrton Magalhães

"Todas essas lembranças se apagarão com o tempo, como lágrimas na chuva"

Citação de um dos meus filmes favoritos de todos os tempos, Blade Runner - O Caçador de Androides.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Godzilla Vs. Kong | Rebecca Hall e Eiza González se juntam ao elenco do longa

Aves de Rapina | Cathy Yan fala pela primeira vez sobre o filme