Em uma mesa redonda com a Bandai Namco, o produtor Shin Noda respondeu para o site Kotaku a razão do Studio Ghibli não estar envolvido em Ni No Kuni II: The Revenant Kingdom.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Ao contrário do primeiro game, a sequência desenvolvida pelo estúdio Level-5 não tem a mão artística da equipe de animação liderada por Hayao Miyazaki, apesar do game herdar um visual muito semelhante aos trabalhos do estúdio.

Perguntado pelo motivo, Shin Noda revelou que o Studio Ghibli mudou seu modelo de negócios e que atualmente não é mais o mesmo estúdio que trabalhou no primeiro game de 2010.

Recentemente, o Studio Ghibli passou por reformulações e nos últimos anos teria interrompido a produção de longas metragens devido a problemas financeiros. Porém, o estúdio recentemente anunciou seu retorno, com mais um filme do diretor Hayao Miyazaki em produção.

Apesar do estúdio não estar diretamente envolvido com Ni No Kuni II, muitos ex-membros ainda estão envolvidos, com o mais proeminente sendo Yoshiyuki Momose, artista envolvido nas key animation de Porco Rosso e A Viagem de Chihiro. Além da trilha sonora de Joe Hisaishi, frequente colaborador nas composições dos filmes do Studio.

Ni No Kuni II: Revenant Kingdom será lançado no dia 19 de janeiro do ano que vem para PS4 e PC.

Comente!