Até a estreia de Mulher-Maravilha 2, prevista para 13 de dezembro de 2019, muito ainda será falado a respeito da franquia. O mais novo rumor é que as negociações da Warner para o retorno de Patty Jenkins podem resultar em um acordo que fará dela a diretora mais bem paga de todas!

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

De acordo com o site Deadline, o pedido de Jenkins é receber consideravelmente mais do que no filme anterior. Além disso, ela espera um valor proporcional ao que diretores homens costumam ganhar por uma sequência quando um filme de franquia se sai muito bem. A diferença de salário entre os gêneros, na profissão, ainda é substancial – e felizmente, com esse acordo, isso pode estar prestes a mudar.

Mulher-Maravilha arrecadou quase US$800 milhões mundialmente e se tornou um símbolo de força feminina para os amantes dos quadrinhos, principalmente de gerações mais novas. Jenkins teve um papel instrumental nesse sucesso, garantindo conquistas como a melhor estreia entre filmes dirigidos por mulheres, melhor bilheteria mundial para produções femininas e o terceiro filme com maior bilheteria da história da Warner Bro’s (perdendo apenas para O Cavaleiro das Trevas e O Cavaleiro das Trevas Renasce, de Christopher Nolan).

Para se ter uma ideia, um diretor iniciante costuma receber, para uma adaptação dos quadrinhos, entre $1.5 e $3 milhões.  Já um nome reconhecido como Zack Snyder (Batman vs. Superman, da DC), recebe U$10 milhões e uma participação no lucro dos filmes. Será que Patty alcançará esse valor?

Comente!