em ,

Ryan Reynolds nunca assistiu a versão final de Lanterna Verde

Existem duas grandes decepções na carreira de Ryan Reynolds, que todos gostaríamos de esquecer: Deadpool (o de X-Men Origens: Wolverine, claro) e Lanterna Verde, filme sobre o herói da DC que é, indiscutivelmente, um dos piores longa-metragens modernos sobre super-heróis.

Agora, em entrevista para a EW, Ryan Reynolds, que viveu Hal Jordan no filme do Lanterna, revelou que nunca assistiu a versão final do filme da DC Comics dirigido por Martin Campbell.

“Olha, eu nunca assisti a versão final de Lanterna Verde.” admitiu o ator “Eu vi um corte bruto do filme. Isso não quer dizer que eu não quis ver porque eu não gostei. Tenho filmes que foram muito bem recebidos que nunca vi e também tenho aqueles que vi umas cem vezes, que as pessoas não gostam, mas eu gosto.”

Evidente que Reynolds optou pela saída diplomática, ainda que não seja incomum que atores não vejam os filmes nos quais atuaram – há muitos casos por aí, mesmo com grandes sucessos de crítica e bilheteria.

Por fim, Reynolds comentou sobre a piada envolvendo o filme do Lanterna no primeiro longa-metragem solo do Deadpool:

“[A piada em Deadpool] Sobre o Lanterna Verde para mim é meio que, não sei, é divertida. Sou só eu tirando isso das costas, mas é mais algo de Wade.”

O próximo filme com Ryan Reynolds a chegar aos cinemas é Deadpool 2, que estreia no dia 17 de maio de 2018.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Guilherme Coral

Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Robin Hood | Confira o trailer do novo filme revisionista da lenda

Vampyr | Assista o trailer de gameplay do game dos criadores de Life is Strange