Nem sempre o cachê generoso vale a pena. Com a popularização expressiva de filmes de super-herói em Holywood nas últimas décadas, não é uma surpresa que alguns dos atores simplesmente não tenham boas experiências. Seja por personagens mal escritos ou cortes significativos em suas cenas, todos acabaram desgostando do resultado final prometendo nunca mais se submeter a isso novamente. Confira cinco exemplos abaixo.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Christopher Eccleston em Thor: O Mundo Sombrio

Quem poderia culpar Christopher Eccleston após perceber a verdadeira bomba que seu personagem é na história do segundo filme do Thor? Malekith, o elfo negro, é um dos piores vilões da Marvel, carecendo de motivações e um bom roteiro. Entretanto, ele já sabia que o personagem não era incrível ou desafiador. Ele só ficou muito possesso quando descobriu que teria que ficar sete horas, todo dia, na cadeira de maquiagem para se tornar o vilão – algo que não tinha sido mencionado em seu contrato.

Mickey Rourke em Homem de Ferro 2

É uma unanimidade que Homem de Ferro 2 foi um filme decepcionante em diversos aspectos. Com uma produção apressada e uma história sem graça, o longa fez sucesso apenas pela força de Downey Jr. no papel. Porém, a grande novidade era Mickey Rourke interpretando o vilão Whiplash, mas posteriormente se arrependeu, pois não viu seu trabalho em tela, já que muitas cenas foram cortadas.

Rourke treinou seu sotaque por três meses e até viajou para a Rússia a fim de aprimorar o personagem para tudo se tornar um “filme de herói descerebrado” como ele mesmo disse.

Matthew Goode em Watchmen

Rotineiramente os fãs não ficam satisfeitos com as decisões de casting dos filmes. No caso de Watchmen, Matthew Goode nunca caiu no gosto popular como Ozymandias. No fim, as constantes reclamações estavam certas e até mesmo Goode chegou a admitir que não compreendeu direito o personagem, além de ter ficado perturbado com o que escreveram sobre ele na internet.

Toby Kebbel em Quarteto Fantástico

O reboot de Quarteto Fantástico deu errado de diversas maneiras. Rejeitado pelos fãs e pela crítica, amargurando um fracasso milionário para a Fox, o longa não conseguiu nem mesmo emplacar uma sequência. E se conseguisse, Toy Kebbel que interpretou Doutor Doom, iria se recusar a retornar.

O ator achou seu personagem totalmente forçado, além do filme se afastar perigosamente dos quadrinhos. Declarações pesadas.

Jeff Bridges em Homem de Ferro

A produção de Homem de Ferro também não foi um mar de rosas. Quem afirma é Jeff Bridges que interpretou o Monge de Ferro, o vilão do longa. Com o roteiro sendo escrito simultaneamente às filmagens, Bridges temia todo dia se conseguiria entregar o esperado em tela, afinal tinha pouquíssimo tempo para ensaiar e desenvolver ideias para o personagem. Com o tempo, Bridges acabou se acostumando ao estilo atrapalhado da produção e conseguiu construir um bom personagem, porém dificilmente ele retornaria para um projeto desses.

Certamente nada foi muito grave para todos eles, porém foram experiências desagradáveis de toda a forma por não atingirem as expectativas de uma produção ideal.

Comente!