em , ,

Crítica | O Compromisso de Hasan – Efeito bola de neve

O efeito bola de neve é quando um simples grão vai acumulando tudo ao seu redor ladeira abaixo. Em O Compromisso de Hasan, presente na 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o personagem embarca em uma trajetória típica desse efeito.

Hasan é um fazendeiro com diversas plantações que um dia acaba pegando uma equipe demarcando seu terreno de tomates. Há uma nova linha elétrica que passará bem ali, requerendo seu local para a construção da torre. Ao mesmo tempo, ele e sua esposa estão prestes a entrar em uma peregrinação religiosa, onde não podem carregar mágoa de nada nem ninguém.

Umut Karadag faz de Hasan um homem de semblante simples. Aquela pessoa que não sabe esconder o que quer. Basta duas cenas com ele para compreendermos sua linha de pensamento e desejos. Karadag e o diretor Semih Kaplanoglu ainda trabalham muito bem a amplitude que o personagem tem. Sua história passada e toda as decisões que acabam refletindo nas pessoas que mais gosta.

Já o papel da esposa Emine, interpretada por Filiz Bozok, vira uma espécie de última esperança de Hasan para uma vida digna. Ele é um fazendeiro tentando fazer seus meios, mas também não esquece de suas raízes graças aos bons diálogos que tem com ela.

Kaplanoglu equilibra bem todas as sequências que tem ao longo da narrativa. Tudo flui de maneira orgânica para o caos. Seria fácil desandar uma trama como essa para a comédia, e até mesmo um dramalhão, mas o diretor sabe aonde deve ir, o que te mostrar e como te mostrar. Há uma sequência de negociação que é de rachar o bico, ao mesmo tempo que o final pode te levar às lagrimas.

Esteticamente é um filme que aproveita bem as locações, explorando o lado rural da Turquia. Há uma importância na árvore no topo de uma montanha, e como a terra à sua volta é infértil, que serve até de simbolismo para uma determinada ramificação da história. Uma escolha notável é pelas cores vivas, chegando a lembrar dos velhos filmes em Technicolor.

O Compromisso de Hasan é de pedir que você reconsidere o próprio limite, na esperança da bola de neve não virar uma avalanche sufocante.

O Compromisso de Hasan (Bağlilik Hasan, Turquia – 2021)

Direção: Semih Kaplanoglu
Roteiro: Semih Kaplanoglu
Elenco: Umut Karadağ, Filiz Bozok, Gökhan Azlağ, Ayşe Günyüz Demirci, Mahir Günşiray
Gênero: Drama
Duração: 147 min

Acompanhe mais da nossa cobertura da 45ª Mostra Internacional de São Paulo

O que você achou desta publicação?

Publicado por Herbert Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ryan Gosling pode viver Ken em filme live-action da Barbie

Crítica | Sanguessugas: Uma Comédia Marxista sobre Vampiros – Sem graça e sem ritmo